F1: Verstappen diz que problemas no DRS forçaram Red Bull a mudar estratégia para vencer na Espanha

Com vitória neste domingo, holandês assume liderança do Mundial de Pilotos

Carregar reprodutor de áudio

Apesar da rodada no começo da prova e as falhas no acionamento do DRS, Max Verstappen deu a volta por cima neste domingo para vencer o GP da Espanha de Fórmula 1, podendo ainda assumir a liderança do Mundial após o abandono de Charles Leclerc.

Após o fim da corrida, Verstappen foi entrevistado pelo ex-piloto de F1 Pedro de la Rosa e parecia feliz com o resultado, mas ressaltou os problemas.

Leia também:

"Eu tive a escapada. Do nada surgiu um vento, perdi a traseira e escapei. Depois estava preso em um trem e tentei passar, mas meu DRS não funcionou sempre. Então tornou tudo muito difícil, mas conseguimos usar uma estratégia para fazermos a nossa corrida e eventualmente vencer. Foi um começo difícil, mas um bom fim".

Sobre a estratégia de três paradas, algo pouco comum para a F1 atual, Verstappen disse que apenas tentou "manter o foco": "Claro, não é legal quando isso acontece mas, no fim, estou muito feliz com a vitória e feliz também por Checo, é um grande resultado para a equipe".

Mesmo com os problemas, Verstappen celebrou o rendimento do carro tanto com os pneus macios quanto os médios e comentou sobre a disputa com Russell.

"Acho que o comportamento do carro foi bom no macio, mas no médio parece que funcionou bem também. [A minha disputa com George] foi por causa do DRS mas, no fim, conseguimos fazer a ultrapassagem"

F1 AO VIVO: Sexta BATALHA do ano entre LECLERC e VERSTAPPEN põe FOGO no campeonato

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #178: Será o fim da linha para Vettel e Alonso na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Leclerc diz que Ferrari "não pode se dar ao luxo" de mais abandonos em 2022
Artigo anterior

F1: Leclerc diz que Ferrari "não pode se dar ao luxo" de mais abandonos em 2022

Próximo artigo

F1: Pérez diz que "precisa conversar" com Red Bull sobre ordens da equipe

F1: Pérez diz que "precisa conversar" com Red Bull sobre ordens da equipe