F1: Leclerc diz que Ferrari "não pode se dar ao luxo" de mais abandonos em 2022

Piloto monegasco relatou uma perda de potência na volta 26 e teve que deixar o GP da Espanha

Carregar reprodutor de áudio

O piloto da Ferrari, Charles Leclerc, disse que sua equipe "não pode se dar ao luxo" de mais abandonos em 2022 depois de ser forçado a deixar o GP da Espanha de Fórmula 1.

Leclerc liderou com tranquilidade a primeira metade da corrida até que o piloto monegasco relatou uma perda de potência em sua Ferrari na 26ª das 66 voltas, o que resultou em um abandono da prova. 

Leia também:

A Ferrari logo confirmou que um problema não diagnosticado na unidade de potência foi a causa de sua saída antecipada. Leclerc disse que não recebeu aviso prévio, com o motor parando repentinamente.

"Não, eu não sei nada além do que aconteceu. Eu não tinha indicações antes e simplesmente perdi a potência completamente, então é uma pena", disse Leclerc.

O monegasco vinha apresentando um desempenho impecável que parecia pronto para reconstruir sua liderança no campeonato.

Depois de ver Verstappen e Red Bull se aproximarem em Miami, o vasto conjunto de atualizações da Ferrari permitiu que Leclerc conquistasse a pole, que ele parecia prestes a converter em uma vitória esmagadora.

Em vez disso, seu abandono abriu as portas para Verstappen assumir o controle da corrida, o que também renderá ao holandês uma liderança no campeonato pela primeira vez em 2022.

Leclerc disse que não estava muito preocupado com a perspectiva de perder a liderança do Mundial, mas reconheceu que não poderia arcar muito mais com abandonos como a Espanha.

"Vamos analisar esta questão e não podemos nos dar ao luxo de fazer isso muitas vezes durante a temporada, então precisamos encontrar o problema", acrescentou.

"A liderança do campeonato cairá para basicamente nada ou talvez a percamos na verdade, mas tudo bem. Não estou olhando para isso."

"Acho que o mais importante é o próprio desempenho e, em termos de desempenho, estamos muito bem, então mal posso esperar para ir para casa na próxima semana e espero que tenhamos um ótimo resultado [em Mônaco]".

Um lado positivo para Leclerc é que suas atualizações em Barcelona pareceram funcionar bem e a equipe deu um jeito na gestão de pneus relativamente ruim nas últimas corridas.

Ele acrescentou: "Nesses momentos, acredito que não há mais nada que eu possa fazer além de olhar para os aspectos positivos e há muitos neste fim de semana."

"Existe o ritmo de classificação, o ritmo de corrida e, mais importante, o gerenciamento de pneus. Isso tem sido uma fraqueza nas últimas corridas."

“Acho que definitivamente encontramos algo neste fim de semana, então isso me dá confiança para o resto da temporada", concluiu.

F1 AO VIVO: VERSTAPPEN vence AOS TRANCOS E BARRANCOS, Russell DÁ SHOW e Leclerc AMARGA abandono

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #178: Será o fim da linha para Vettel e Alonso na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Com vitória de Verstappen e abandono de Leclerc, veja o resultado final do GP da Espanha
Artigo anterior

F1: Com vitória de Verstappen e abandono de Leclerc, veja o resultado final do GP da Espanha

Próximo artigo

F1: Verstappen diz que problemas no DRS forçaram Red Bull a mudar estratégia para vencer na Espanha

F1: Verstappen diz que problemas no DRS forçaram Red Bull a mudar estratégia para vencer na Espanha