Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
27 dias
06 mai
Próximo evento em
69 dias
20 mai
Próximo evento em
83 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
97 dias
10 jun
Próximo evento em
104 dias
24 jun
Próximo evento em
118 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
125 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
139 dias
29 jul
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
181 dias
02 set
Próximo evento em
188 dias
09 set
Próximo evento em
195 dias
23 set
Próximo evento em
209 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
216 dias
07 out
Próximo evento em
223 dias
21 out
Próximo evento em
237 dias
28 out
Próximo evento em
244 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
280 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
289 dias

F1: Vettel omite Binotto de lista de 'notáveis' em período na Ferrari; veja os nomes

Piloto da Aston Martin em 2021, alemão não colocou atual chefe da escuderia italiana entre as pessoas importantes de sua passagem por Maranello

compartilhar
comentários
F1: Vettel omite Binotto de lista de 'notáveis' em período na Ferrari; veja os nomes

Tetracampeão da Fórmula 1, Sebastian Vettel encerrou sua passagem pela Ferrari no fim da temporada 2020, após seis anos na escuderia, e fez uma lista de pessoas notáveis durante seu período em Maranello. O alemão, porém, omitiu o atual chefe de equipe, Mattia Binotto.

O dirigente italiano assumiu o comando do time em 2019, ano em que Vettel foi batido por seu então novo companheiro, Charles Leclerc. Pouco depois, a Ferrari renovou com o monegasco até o fim de 2024 e anunciou que dispensaria o alemão, que vai para a Aston Martin em 2021.

O editor recomenda:

De todo modo, correndo pela escuderia entre o começo de 2015 e o fim de 2020, o tetra conquistou 14 vitórias, 55 pódios e 12 poles pelos italianos. Seus melhores anos foram 2017 e 2018, nos quais foi vice-campeão. Entretanto, 2020 foi um ano muito ruim para o alemão.

Mas a despedida da Ferrari foi emocionante, com direito a cantoria e cerveja no GP de Abu Dhabi. Após o encerramento da temporada, Vettel foi questionado pela Sky Itália sobre as pessoas mais importantes de sua passagem pela equipe vermelha.

“Sem dúvida, o Riccardo [Adami, engenheiro de pista], do meu grupo de trabalho. Viajei com ele e foi importante tê-lo como pilar, pois já nos conhecíamos. Ele me entendeu. Em termos de performance na pista, ele era a pessoa mais importante”, respondeu.

“No quadro geral, no entanto, Maurizio Arrivabene (chefe de equipe que antecedeu Binotto no comando da Ferrari, quando Vettel ainda tinha o finlandês Kimi Raikkonen como parceiro). Acho que olhando de fora, ele não era bem compreendido”, ponderou o alemão.

O tetracampeão explicou que a relação de Arrivabene com o então diretor-executivo da fabricante, Sergio Marchionne, falecido em 2018, não era fácil. “Não era fácil trabalhar com Marchionne", afirmou o piloto.

"Ele era muito peculiar, pressionava muito as pessoas e ele nem sempre era gentil com Maurizio. Mas acho que Arrivabene tem realmente um grande coração”, completou o vencedor das temporadas 2010, 2011, 2012 e 2013 da F1, com a Red Bull.

'CAUSOS' de RICCIARDO com Marko e cia na palavra de Cesar Ramos, destaque da Ipiranga na Stock 2020

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Quem brilhou e o que de melhor aconteceu na temporada 2020 da F1?

 

.

Leclerc nega arrogância e fala de Verstappen: "Não nos suportávamos"

Artigo anterior

Leclerc nega arrogância e fala de Verstappen: "Não nos suportávamos"

Próximo artigo

'Zerinhos' são pesadelo para engenheiros da F1; entenda o motivo

'Zerinhos' são pesadelo para engenheiros da F1; entenda o motivo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com