GP da Alemanha deve sair do calendário de 2017

Medida deve ser confirmada no Conselho Mundial do Automobilismo no dia 30 de novembro

GP da Alemanha deve sair do calendário de 2017
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12 and Max Verstappen, Red Bull Racing RB12 at the start of the race
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12 and Max Verstappen, Red Bull Racing RB12 at the start of the race

O GP da Alemanha não deve estar presente no campeonato de 2017 da Fórmula 1. Como relatado anteriormente, Bernie Ecclestone deixou claro que o promotor de Hockenheim não quer pagar a taxa proposta, sendo que em 2016 fez acordo especial para a realização da prova.

Com a saída, o GP da Hungria deve mudar do dia 23 de julho para o dia 30 do mesmo mês, porque sem a mudança, haveria uma pausa de quatro fins de semana sem corridas.

Outras mudanças ainda estão em discussão, envolvendo as datas dos GPs da Malásia, Cingapura, Estados Unidos e México, o que fará com que o calendário de 2017 se aproxime do deste ano, embora nada será colocado em prática sem a aprovação do Conselho Mundial do Automobilismo, no dia 30 de novembro.

Confira como pode ficar o calendário da próxima temporada

Data Evento Local
26 de março  GP da Austrália Melbourne
9 de abril  GP da China Shanghai
16 de abril  GP do Bahrein Sakhir
30 de abril  GP da Rússia Sochi
14 de maio  GP da Espanha Barcelona
28 de maio  GP de Mônaco Monte Carlo
11 de junho  GP do Canadá Montreal
18 de junho  GP da Europa Baku
2 de julho  GP da Áustria Red Bull Ring
9 de julho  GP da Grã-Bretanha Silverstone
30 de julho*  GP da Hungria Hungaroring
27 de agosto  GP da Bélgica Spa-Francorchamps
3 de setembro  GP da Itália Monza
17 de setembro*  GP de Cingapura Marina Bay
1º de outubro*  GP da Malásia Sepang
8 de outubro  GP do Japão Suzuka
22 de outubro  GP dos EUA COTA
29 de outubro*  GP do México Mexico City
12 de novembro  GP do Brasil Interlagos
26 de novembro  GP de Abu Dhabi Yas Marina

* pode mudar de data em relação à primeira versão do calendário

compartilhar
comentários
Ecclestone diz que "nada mudou" desde acordo com Liberty

Artigo anterior

Ecclestone diz que "nada mudou" desde acordo com Liberty

Próximo artigo

Vettel diz que Ferrari não pode se orgulhar de 2016

Vettel diz que Ferrari não pode se orgulhar de 2016
Carregar comentários