Hamilton mantém vitória após polêmica na entrada do box

FIA decide manter resultado da pro justificando dando apenas reprimenda ao atual campeão do mundo

Hamilton mantém vitória após polêmica na entrada do box

Depois de toda a polêmica envolvendo sua desistência de entrar no box já após ter entrado na linha que delimita a pista e o pit lane, Lewis Hamilton manteve sua vitória no GP da Alemanha deste domingo (22).

Depois de uma reunião de uma hora com os comissários da FIA, o piloto britânico saiu da sala e foi ao motorhome da Mercedes, onde era aguardado por jornalistas e foi bastante confiante ao dizer que sua 66ª vitória na Fórmula 1 não seria retirada.

E acabou realmente não sendo. O piloto britânico escapou somente com uma reprimenda dos comissários.

A margem de Hamilton de 4s5 sobre o companheiro de equipe Valtteri Bottas significava que sua vitória estava sob ameaça devido à possibilidade de uma penalidade no tempo. No entanto, após longas discussões, os comissários decidiram que a sanção seria limitada a uma reprimenda – a primeira da temporada de Hamilton.

A explicação dos comissários para a decisão dizia: "ficou claro que houve uma violação da regra acima mencionada - o piloto cruzou claramente a linha que separa a entrada do pit da pista”.

"Ao decidir sobre a penalidade pela infração, levamos em consideração os seguintes fatores atenuantes.”

"(i) O piloto e a equipe admitiram abertamente o erro e o fato de que havia confusão dentro da equipe quanto a ficar de fora ou entrar nos boxes, o que levou à infração.”

"(ii) O fato de a infracção ter ocorrido durante um período de Safety Car.”

"(iii) Em nenhum momento houve qualquer perigo para qualquer outro concorrente e a mudança de direção foi executada de forma segura.”

"Considerando todos os itens acima, incluindo a consideração de infrações anteriores à regra acima, somos de opinião que uma reprimenda seria a penalidade apropriada para a dita violação nesta ocasião."

A decisão significa que Hamilton mantém a vantagem de 17 pontos sobre Vettel na classificação para a próxima corrida na Hungria.

compartilhar
comentários
Raikkonen admite que ordens da Ferrari não foram claras

Artigo anterior

Raikkonen admite que ordens da Ferrari não foram claras

Próximo artigo

Pérez: "Não esperávamos esses pontos"

Pérez: "Não esperávamos esses pontos"
Carregar comentários