Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
55 dias
06 mai
Próximo evento em
97 dias
20 mai
Próximo evento em
111 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
125 dias
10 jun
Próximo evento em
132 dias
24 jun
Próximo evento em
146 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
167 dias
29 jul
Próximo evento em
181 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
209 dias
02 set
Próximo evento em
216 dias
09 set
Próximo evento em
223 dias
23 set
Próximo evento em
237 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
244 dias
07 out
Próximo evento em
251 dias
21 out
Próximo evento em
265 dias
28 out
Próximo evento em
272 dias
05 nov
Próximo evento em
280 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
293 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
308 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
317 dias

Hamilton pede "mais respeito" a Bottas após críticas: "Não é fácil ser meu companheiro de equipe"

compartilhar
comentários
Hamilton pede "mais respeito" a Bottas após críticas: "Não é fácil ser meu companheiro de equipe"
Por:

Britânico destacou crescimento do finlandês desde que se juntou à Mercedes em 2017

Enquanto Lewis Hamilton é celebrado pelas suas conquistas dentro da Fórmula 1, seu companheiro de Mercedes, Valtteri Bottas, é constantemente criticado por fãs e nomes do esporte por não conseguir bater de frente com o britânico. Mas o heptacampeão saiu em defesa de Bottas, cobrando um maior respeito das pessoas.

Desde que se juntou à Mercedes em 2017, Bottas não conseguiu desenvolver uma campanha para lutar contra Hamilton na luta pelo título apesar de sempre dizer que está pronto para isso nos inícios de temporada.

Leia também:

Com isso, muitos fãs pedem que a Mercedes troque Bottas por outros nomes do grid que pudessem fazer essa função, como Max Verstappen, Charles Leclerc e Daniel Ricciardo. Mas, para Lewis Hamilton, o finlandês merece mais respeito pelo que vem fazendo, especialmente tendo ao seu lado um heptacampeão mundial.

Na coletiva realizada nesta quinta-feira (26), antes do GP do Bahrein, Hamilton saiu em defesa de Bottas.

"Naturalmente, Valtteri está ficando mais forte a cada ano. A imprensa fala sobre 'Bottas 2.0' e é verdade. A cada ano vocês veem ele dando o seu melhor, tentando melhorar em diversas áreas. Enquanto neste ano temos essa diferença de pontos, se você olhar para as classificações, as margens são as menores possíveis".

Segundo Hamilton, Bottas já reduziu a diferença de performance nas classificações, mas a diferença no Mundial acaba sendo maior do que parece devido aos problemas que ele vem enfrentando com o carro ao longo do ano.

"Então ele já reduziu a diferença na classificação, tornando as coisas mais desafiadoras. Ele já havia feito isso no ano passado e deu um passo a mais agora. Nas corridas, é visível a diferença que a minha consistência fez. Mas quando você olha para o final de semana como um todo, foi mais próximo".

"Há uma diferença de sete pontos entre o primeiro e o segundo, e isso acaba criando uma diferença com o passar do tempo. Valtteri também passou por infelicidades neste ano com problemas no carro, e isso torna a diferença de pontos maior do que realmente é".

O heptacampeão ainda destacou as principais qualidades de Bottas, fazendo também um breve elogio a si próprio.

"E quando eu falo que as pessoas precisam respeitar Valtteri, é preciso lembrar contra quem ele está disputando. Não é fácil ser meu companheiro de equipe. Mas ele sempre mantém o foco a cada final de semana".

"Ele nunca está reclamando que há algo de errado no carro. Só vira e fiz que precisa fazer um trabalho melhor. E não conheço outro piloto que faz isso aqui. E vejo isso como algo que temos em comum".

"Enfrentamos o final de semana com a cabeça limpa e, mentalmente, ele é um dos pilotos mais fortes aqui".

Perguntado se ele vai com tudo para as últimas três corridas apesar do título já estar garantido, Hamilton disse que todo piloto tem uma jornada constante de crescimento e que o desafio está em seu DNA.

"É para isso que existimos. Porque estaríamos aqui sem isso? Acho que todas as pessoas nas fábricas trabalham para isso ao longo do ano. Ainda temos trabalho pela frente, melhorias que podemos buscar a cada dia e a cada oportunidade de estarmos na pista, aprendendo, nos desafiando e nos desenvolvendo".

"Então, é uma jornada constante para melhorar. E isso não é fácil quando você tem o sucesso que tivemos. Amamos o desafio e como ele se apresenta para nós, isso nos une na luta por algo comum. E estamos vendo isso hoje, com debates que temos em termos de engenharia e como seguir evoluindo como equipe. Eu amo isso. Isso faz parte do meu DNA".

"Vamos para três corridas onde a pressão é diferente, mas o foco é tirar a melhor performance possível. Tudo depende de conseguirmos extrair cada vez um pouco a mais do carro, como aprender mais. Vamos usá-las como testes para ver o que dá para aplicar no modelo do ano que vem".

Todas as notícias sobre o GP do Bahrein de F1 você acompanha no site do Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises, além de conferir nossos programas e vídeos!

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Hamilton REVELA ‘defeito’ da Mercedes e mostra como a equipe minimizou o problema

PODCAST: Carro da Mercedes diminui mérito de Hamilton no hepta? Ouça debate

 

Leclerc promete aprender com erro cometido no fim do do GP da Turquia

Artigo anterior

Leclerc promete aprender com erro cometido no fim do do GP da Turquia

Próximo artigo

Hamilton: Correr pela Ferrari na F1 "simplesmente não era para ser"

Hamilton: Correr pela Ferrari na F1 "simplesmente não era para ser"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com