Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
21 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
28 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
42 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
105 dias

Hamilton: “Quatro é um grande número, mas agora quero cinco”

compartilhar
comentários
Hamilton: “Quatro é um grande número, mas agora quero cinco”
30 de out de 2017 09:11

Ainda em fase de celebração de seu tetracampeonato, inglês relembra de seus professores que o desestimulavam na escola: “Me pergunto o que eles estão pensando agora”

2017 World Champion Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
2017 World Champion Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 on the drivers parade
2017 World Champion Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
2017 World Champion Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
2017 World Champion Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Sebastian Vettel, Ferrari
2017 World Champion Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1

Mais novo tetracampeão mundial de F1, Lewis Hamilton expressou seu apreço pelo número 4, mas garantiu que já pensa na conquista de seu quinto título na categoria.

Hamilton foi nono colocado no GP do México, e, com a quarta posição de Sebastian Vettel, garantiu matematicamente a conquista com duas corridas de antecipação.

O inglês ainda celebra o quarto caneco, mas já assegurou que não irá parar por aqui. “Na verdade, 44 é meu número mágico, mas eu teria de estar aqui por muito tempo para conquistar 44 campeonatos! Quatro é parte disso. Gosto de quatro, é um grande número. Mas quero o número cinco agora. Vou ficar com quatro, aproveitar o número, mas temos de tomar um passo de cada vez”, disse.

Hamilton admitiu que, após a conquista, pensou no discurso que ouvia de seus professores quando era criança.

“Eu me pergunto o que as pessoas da minha escola estão pensando. Quando eu estava crescendo, havia alguns professores que diziam que eu nunca me tornaria nada, então me pergunto o que eles estão pensando agora quando me assistem”, disse.

“Me pergunto se eles pensam ‘ajudei aquele garoto’ ou se eles pensam ‘quer saber? Me arrependo do que disse e cresci com aquilo’. Espero que esse seja o caso. Espero que eles estejam estimulando as crianças que ensinam hoje em vez de colocá-las para baixo.”

Galeria: O dia em que Hamilton entrou para o grupo dos tetra

Artigo anterior

Galeria: O dia em que Hamilton entrou para o grupo dos tetra

Próximo artigo

Título foi “fácil demais” para Hamilton, diz Alonso

Título foi “fácil demais” para Hamilton, diz Alonso
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1