Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
20 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
34 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
62 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
69 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
83 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
97 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
104 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
118 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
125 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
139 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
181 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
188 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
202 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
209 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
223 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
237 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
244 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
258 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
272 dias

Honda e Mercedes patrocinam GPs do Japão e da Alemanha

compartilhar
comentários
Honda e Mercedes patrocinam GPs do Japão e da Alemanha
Por:
31 de ago de 2018 15:30

Prova deste ano em Suzuka terá anúncio da fabricante nipônica, enquanto que a corrida em Hockenheim foi salva para 2019 pelo investimento da montadora alemã

As fabricantes da Fórmula 1, Honda e Mercedes, serão as principais patrocinadoras de suas corridas, no Japão e na Alemanha. A Honda patrocinará o evento de Suzuka deste ano, enquanto a Mercedes apoiará a corrida do próximo ano em Hockenheim.

A Honda também é a proprietária e promotora de Suzuka através de sua subsidiária, a MobilityLand. Mas esta é a primeira vez que a marca anexou seu nome à corrida, que foi confirmada por mais três anos.

No passado, a Mercedes ajudou o GP da Alemanha através de iniciativas como a compra de ingressos, mas o chefe da equipe, Toto Wolff, sempre deixou claro que não é tarefa da empresa subsidiar a corrida.

O patrocínio fornece uma maneira para a Mercedes desempenhar seu papel em garantir que a corrida sobreviva em 2019 em seu contrato de um ano.

"Nós certamente agradecemos à Honda pelo apoio deles no Japão", disse o CEO da F1, Chase Carey. "E obviamente a Honda é um parceiro muito importante, não apenas como patrocinadora da corrida, mas na história do esporte em si. Então estamos muito empolgados em poder construir e expandir a parceria com a Honda”.

"Igualmente na Alemanha. Obviamente, a Mercedes como nossa campeã claramente está em um lugar especial. Estamos entusiasmados que a Mercedes tenha se adiantado para desempenhar um papel importante como patrocinadora principal para nos ajudar a encontrar um caminho para trazer o GP da Alemanha de volta."

O chefe da MobilityLand, Susumu Yamashita, insistiu que a realização da corrida não é apenas uma questão de lucro, mas sim atrair o maior número possível de espectadores para Suzuka.

"A razão pela qual fazemos esportes a motor não é baseada na lucratividade", disse ele. "A razão pela qual continuamos a fazer a F1 é que a F1 é o melhor campeonato de carros e tem a maior atenção das pessoas no mundo. A F1 traz muito mais espectadores”.

"Para nós, o mais importante é ter mais espectadores, com um esforço conjunto feito por nós, com Chase Carey e a Fórmula 1. Nós gostaríamos de fazer este GP mais divertido do que nunca."

Carey diz que a F1 pode trabalhar para recuperar o interesse do Japão pela categoria.

"Acreditamos que podemos colocar mais energia para o crescimento da corrida", disse ele. "É verdade nos últimos anos que a participação diminuiu. Acreditamos que podemos trazê-los de volta ao nível em que costumavam estar e engajar os torcedores."

Carey insistiu que uma corrida bem-sucedida na Alemanha em 2018 forneceu o impulso suficiente para acordar Hockenheim para 2019.

"Foi uma ótima corrida lá neste ano", disse ele. "Obviamente não corremos na Alemanha em 2017. Então, havia muita gente, foi uma corrida emocionante e que Lewis Hamilton classificou como uma corrida que ele vai lembrar por muito tempo”.

"Acho que o sucesso deste ano nos deu força e nos permitiu renovar com a corrida alemã para o ano que vem. Então estamos tremendamente animados para trazer a Alemanha de volta ao calendário com o ímpeto que tivemos."

Próximo artigo
Vettel domina TL2 em Monza marcado por acidente no início

Artigo anterior

Vettel domina TL2 em Monza marcado por acidente no início

Próximo artigo

GALERIA: As imagens do brutal acidente de Ericsson em Monza

GALERIA: As imagens do brutal acidente de Ericsson em Monza
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper