Horner não descarta Red Bull da disputa dos títulos

Chefe de equipe acredita que ainda tem chance de conquistar os dois mundiais deste ano com pacote atual

Horner não descarta Red Bull da disputa dos títulos

A grande vitória de Max Verstappen no Red Bull Ring no último domingo encheu de otimismo o diretor da equipe, Christian Horner. Para ele, a Red Bull ainda pode conquistar os títulos deste ano.

Os ex-tetracampeões mundiais estão em terceiro lugar entre os construtores, a 58 pontos da líder Ferrari na classificação após nove corridas.

A Red Bull é a única equipe que venceu GPs com ambos os pilotos nesta temporada, e tem as mesmas três vitórias de Ferrari e da atual campeã Mercedes neste ano.

"Acho que definitivamente temos uma chance, estamos por fora", disse Horner a repórteres na fábrica da Red Bull nesta semana.

“O nosso calcanhar de Aquiles é que não marcamos pontos com ambos os carros, tanto por confiabilidade como por outros incidentes.”

"A Fórmula 1 está cheia de ‘se’, ‘mas’ e ‘talvez’, mas se você olhar para as posições em que estávamos e na qual deveríamos estar, então deveríamos estar liderando o campeonato hoje."

O australiano Daniel Ricciardo está 50 pontos atrás do líder, Sebastian Vettel, mas venceu na China e em Mônaco.

Horner disse que a Red Bull está diminuindo a diferença e ainda há um longo caminho a percorrer, com circuitos como Hungria e Cingapura jogando a favor da equipe.

"Um dos nossos principais ativos é que, como equipe de corrida, somos extremamente versáteis e temos sido muito criativos em estratégia", acrescentou.

"Eu acho que há uma chance em ambos os campeonatos e nós certamente não temos nada decidido neste momento no ano."

compartilhar
comentários
GALERIA: Alonso se torna líder de estatística histórica na F1

Artigo anterior

GALERIA: Alonso se torna líder de estatística histórica na F1

Próximo artigo

Kubica vê chances de retornar à F1 como titular em 2019

Kubica vê chances de retornar à F1 como titular em 2019
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1