Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Leclerc descarta sentir pressão por mudança à Ferrari

compartilhar
comentários
Leclerc descarta sentir pressão por mudança à Ferrari
17 de out de 2018 11:06

Piloto monegasco diz que não se sente nem um pouco afetado com a pressão e mostra sinceridade: “Se eu não for bem o bastante, a Ferrari deveria me demitir”

Prestes a dar o passo mais importante de sua carreira em 2019, Charles Leclerc garantiu que não se deixará afetar pela pressão de se juntar à Ferrari na F1.

O monegasco insistiu que tem uma mentalidade que lhe permite se blindar contra qualquer pressão externa, o que o faz ter confiança de que não mudará sua abordagem em sua nova casa no ano que vem.

“Não sou uma pessoa nervosa. Há tensões neste esporte e na largada há a adrenalina, mas não diria que é nervosismo”, comentou, em conversa com o podcast oficial da F1, Beyond The Grid.

“Se você me perguntar da pressão, acho que consigo dar conta, porque tenho uma mentalidade em que não sinto pressão alguma. Sei que muita gente diz ‘ah, mas a pressão na Ferrari é em outro nível’, mas minha mentalidade me permite extrair toda essa pressão.”

Leclerc também mostrou uma mentalidade bastante direta sobre sua transição a uma equipe de ponta. “Eu também sou muito honesto. Se eu não for bem o bastante no próximo ano, a Ferrari deveria me demitir, e isso seria completamente compreensível para mim. É assim que vejo. Se eu sou bom o bastante, mereço ficar. Se não, mereço ser deixado de lado. Acho que isso tira muita pressão dos meus ombros.”

Leclerc, que faz sua primeira temporada na F1 em 2018 pela Sauber, será parceiro de equipe de Sebastian Vettel no próximo ano.

Próximo artigo
De Ferran: atual momento da McLaren “me deixa com raiva”

Artigo anterior

De Ferran: atual momento da McLaren “me deixa com raiva”

Próximo artigo

Verstappen: novas asas de 2019 trarão benefícios limitados

Verstappen: novas asas de 2019 trarão benefícios limitados
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Charles Leclerc
Equipes Ferrari Compre Agora