Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Ricciardo deve ter punição em Monza ao estrear novo motor

compartilhar
comentários
Ricciardo deve ter punição em Monza ao estrear novo motor
27 de ago de 2018 15:26

Daniel Ricciardo terá de receber punições no grid de largada em Monza, no próximo fim de semana, quando se tornará o primeiro piloto a utilizar o novo motor da Renault de especificação C.

O australiano já sabia há algumas semanas que as punições seriam inevitáveis, e a Red Bull escolheu que isso acontecesse em Monza para coincidir com a disponibilidade da novidade.

Caso o motor de especificação C funcione bem no carro de Ricciardo, Max Verstappen também receberá novos elementos da unidade de potência no mesmo fim de semana.

Ainda não está claro quais elementos o holandês teria, mas ele pode usar um novo V6 e um novo MGU-H sem punição. Outras alterações também mandariam Verstappen para o fundo do grid.

A equipe de fábrica da Renault optou por não usar a especificação mais recente, e Nico Hulkenberg e Carlos Sainz adotaram novos motores da especificação B em Spa-Francorchamps.

O chefe da Renault, Cyril Abiteboul, admitiu que havia riscos de confiabilidade associados à especificação C, e disse que a equipe de Enstone não pode se dar ao luxo de assumi-los, já que tenta se manter no quarto lugar no Mundial de Construtores.

Contudo, a Red Bull tem menos a perder e está disposta a arriscar na tentativa de encontrar mais performance.

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing

Photo by: Sam Bloxham / LAT Images

“Daniel receberá punições na próxima corrida, já que ele está destinado a trocar o motor”, disse Christian Horner ao Motorsport.com.

“Há um custo significativo que vem com a integração do motor ao carro por causa do resfriamento, etc, então, se há alguma performance, o que parece que há com nosso parceiro de combustível, estamos felizes em assumir o risco.”

“Usaremos o motor na sexta-feira, e aí tomaremos uma decisão à noite para definir se vamos mantê-lo.”

“Se estiver bom no carro de Daniel, Max também terá no sábado. Ele também deverá trocar o motor em Monza, então decidiremos na sexta-feira à noite quais motores os pilotos usarão na corrida.”

Horner admite que Monza será uma corrida dura mesmo com o novo motor, mas espera que a especificação C tenha um impacto nas corridas finais.

“Se há um pouco de performance, não estamos tão preocupados com Monza. Mas algumas das corrida a seguir, como Cingapura, México, são corridas que representam oportunidades para dificultar um pouco a vida de Mercedes e Ferrari.”

“Se pudermos ganhar algo, claro que procuraremos cada décimo de segundo que pudermos.”

A McLaren não tem planos de usar o motor de especificação C, já que seriam necessárias mudanças significativas no chassi para instalá-lo.

Próximo artigo
Massa critica falta de segurança na Indy: “inacreditável”

Artigo anterior

Massa critica falta de segurança na Indy: “inacreditável”

Próximo artigo

Force India perde lugar no Grupo Estratégico da F1

Force India perde lugar no Grupo Estratégico da F1
Carregar comentários