Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
26 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
40 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
68 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
75 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
89 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
103 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
110 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
131 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
145 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
159 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
187 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
194 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
208 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
215 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
229 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
243 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
250 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
264 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
278 dias

Sainz: “Seria um prazer permanecer na Renault”

compartilhar
comentários
Sainz: “Seria um prazer permanecer na Renault”
26 de jun de 2018 18:49

Ainda sem saber exatamente qual será seu destino para a temporada de 2018 da F1, Carlos Sainz comentou que seria “um prazer” caso fique na Renault por mais um ano.

Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18, leads Brendon Hartley, Toro Rosso STR13
Cyril Abiteboul, Managing Director, Renault Sport F1 Team, interviews Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team, on the grid
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18

Ainda sem saber exatamente qual será seu destino para a temporada de 2018 da F1, Carlos Sainz comentou que seria “um prazer” caso fique na Renault por mais um ano.

O passe do espanhol ainda é de propriedade da Red Bull, que o empresou à Renault no fim do ano passado em meio a uma negociação maior que também envolveu Toro Rosso, McLaren e a situação dos motores Honda.

A Red Bull ainda não garantiu a permanência de Daniel Ricciardo para o ano que vem, sendo que o chefe do time, Christian Horner, adiantou que, caso o australiano saia, a equipe já tem alternativas na manga – e o próprio Sainz é um candidato óbvio a substituí-lo.

De sua parte, Sainz disse que vê com bons olhos a permanência em uma equipe que vem se desenvolvendo desde que voltou à F1 oficialmente, no início de 2016. “ Seria um prazer permanecer na Renault. Na verdade, estou feliz onde estou”, comentou, em entrevista ao jornal espanhol El País.  

Leia também:

“Acho que esta equipe tem muito potencial, e, seja o que acontecer, estou muito orgulhoso do que estamos fazendo aqui na Renault. Para mim, seria um prazer ficar. “

Por mais que a Renault ainda não tenha condições de bater de frente com as protagonistas do grid, Sainz vê com naturalidade o atual estágio da equipe. “Eles ficaram afastados da F1 por cinco anos, então este é um processo de reagrupamento, de reformulação, indo pouco a pouco na direção correta, melhorando.”

“Acho que a equipe é muito ambiciosa e sabe como vencer, porque ela venceu no passado – e esse é um bônus que as outras equipes podem não ter”, completou.

Próximo artigo
Chefes da F1 entram em acordo sobre regras de 2019

Artigo anterior

Chefes da F1 entram em acordo sobre regras de 2019

Próximo artigo

Force India admite que alcançar Renault ficou muito difícil

Force India admite que alcançar Renault ficou muito difícil
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Carlos Sainz Jr. Compre Agora