Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
58 dias
06 mai
Próximo evento em
100 dias
20 mai
Próximo evento em
114 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
128 dias
10 jun
Próximo evento em
135 dias
24 jun
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
170 dias
29 jul
Próximo evento em
184 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
212 dias
02 set
Próximo evento em
219 dias
09 set
Próximo evento em
226 dias
23 set
Próximo evento em
240 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
247 dias
07 out
Próximo evento em
254 dias
21 out
Próximo evento em
268 dias
28 out
Próximo evento em
275 dias
05 nov
Próximo evento em
283 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
296 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
311 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
320 dias

Verstappen tem exibição épica, frustra Leclerc e vence GP da Áustria pelo 2º ano seguido

compartilhar
comentários
Verstappen tem exibição épica, frustra Leclerc e vence GP da Áustria pelo 2º ano seguido

Holandês, que havia largado mal, conseguiu passar todos os rivais, um a um, até chegar a novo êxito

Se choveram críticas sobre a falta de emoção do GP da França, o mesmo não se pode dizer uma semana depois. Após escalada épica, Max Verstappen venceu de forma brilhante o GP da Áustria neste domingo.

Leia também:

O holandês fez grande corrida de recuperação, ao largar mal e se ver na sétima posição. Pouco a pouco, ele se cresceu, culminando na ultrapassagem final sobre Charles Leclerc nas últimas voltas.

Restou ao monegasco se lamentar com a segunda posição. Valtteri Bottas foi o terceiro colocado, seguido de Sebastian Vettel, em quarto. O alemão teve um primeiro pit stop complicado, por conta do erro da Ferrari. Lewis Hamilton foi o quinto, tendo que trocar o bico de sua Mercedes durante a prova. 

Verstappen também ganhou o ponto extra por ter feito a volta mais rápida.

 

A Corrida

Na largada, Leclerc conseguiu manter a ponta, mas Verstappen largou muito mal, caindo da segunda para a sétima posição. Bottas e Hamilton vinham logo atrás do monegasco, enquanto que Raikkonen era o quarto colocado. Seu ex-companheiro, Vettel, era o sexto nos primeiros giros.

O alemão aproveitou o bom desempenho da Ferrari e chegou ao quarto lugar na sétima volta. Logo depois, Verstappen também se recuperava e chegava ao quinto posto.

Os comissários puniram Kevin Magnussen com um drive through por ter posicionado seu carro de maneira errada para a largada.

Bottas e Vettel foram os primeiros a parar dentre os principais times da F1. Ambos optaram pelo composto duro, mas o pit stop do alemão foi lento por conta de um erro da equipe.

No giro seguinte, 22º, foi a vez de Leclerc, que não teve os mesmos problemas que seu companheiro.

Na 31ª volta, Hamilton fez sua parada, aproveitando para trocar o bico do carro e também optando pelo composto duro. Para se aproveitar do tempo adicional da parada do atual campeão, o holandês da Red Bull fez sua parada logo depois.

Na metade da prova, Leclerc tinha cinco segundos de vantagem sobre Bottas, com Vettel, Verstappen e Hamilton completando o top-5.

A briga pela terceira posição tomou conta da prova no 50º giro, com um embate intenso entre Verstappen e Vettel, com o holandês levando a melhor. Logo depois, Vettel fez nova parada, calçando pneus macios.

Verstappen continuava dando show. Mesmo reportando perda de potência, o astro da Red Bull foi para cima de Bottas e levou a segunda posição, restando 15 voltas para o fim.

A expectativa era se haveria briga pela liderança, com Verstappen se aproximando. Faltando quatro voltas os dois travaram uma luta insana e, para o delírio das arquibancadas, Verstappen assumiu a liderança restando duas voltas.

 

Ao mesmo tempo, Vettel conseguia a quarta posição sobre Hamilton.

No final, Verstappen chegou à frente, seguido de Leclerc e Bottas. A manobra final ficou sob investigação da FIA, mas foi considerada como incidente normal de corrida.

Resultado final

Cla   # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h Pits Abandono Pontos
1   33 Netherlands Max Verstappen  Red Bull Honda 71 -       1   26
2   16 Monaco Charles Leclerc  Ferrari Ferrari 71 2.724 2.724 2.724   1   18
3   77 Finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 71 18.960 18.960 16.236   1   15
4   5 Germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 71 19.610 19.610 0.650   2   12
5   44 United Kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 71 22.805 22.805 3.195   1   10
6   4 United Kingdom Lando Norris  McLaren Renault 70 1 lap 1 Lap 1 Lap   1   8
7   10 France Pierre Gasly  Red Bull Honda 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   6
8   55 Spain Carlos Sainz Jr.  McLaren Renault 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   4
9   7 Finland Kimi Raikkonen  Alfa Romeo Ferrari 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   2
10   99 Italy Antonio Giovinazzi  Alfa Romeo Ferrari 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   1
11   11 Mexico Sergio Perez  Racing Point Mercedes 70 1 lap 1 Lap 0.000   1    
12   3 Australia Daniel Ricciardo  Renault Renault 70 1 lap 1 Lap 0.000   1    
13   27 Germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 70 1 lap 1 Lap 0.000   1    
14   18 Canada Lance Stroll  Racing Point Mercedes 70 1 lap 1 Lap 0.000   1    
15   23 Thailand Alexander Albon  Toro Rosso Honda 70 1 lap 1 Lap 0.000   1    
16   8 France Romain Grosjean  Haas Ferrari 70 1 lap 1 Lap 0.000   1    
17   26 Russian Federation Daniil Kvyat  Toro Rosso Honda 69 1 lap 2 Laps 1 Lap   1    
18   63 United Kingdom George Russell  Williams Mercedes 69 2 laps 2 Laps 1.000   1    
19   20 Denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 69 2 laps 2 Laps 0.000   3    
20   88 Poland Robert Kubica  Williams Mercedes 68 3 laps 3 Laps 1 Lap   1

 

VÍDEO: Leclerc pulveriza marca de Schumacher de 2003; veja voltas comparadas

Artigo anterior

VÍDEO: Leclerc pulveriza marca de Schumacher de 2003; veja voltas comparadas

Próximo artigo

Climão: Leclerc ignora festa da champanhe no pódio da Áustria

Climão: Leclerc ignora festa da champanhe no pódio da Áustria
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1