Fórmula 1
25 set
Treino Livre 2 em
01 Horas
:
59 Minutos
:
33 Segundos
09 out
Próximo evento em
13 dias
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
27 dias
04 dez
Próximo evento em
69 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
76 dias

Vettel detona ideia de grid invertido na F1 e a compara com "loteria”

compartilhar
comentários
Vettel detona ideia de grid invertido na F1 e a compara com "loteria”
Por:

Tetracampeão da F1 é radicalmente contra ideia retomada pelo diretor esportivo da categoria, Ross Brawn. George Russell engrossou coro

Sebastian Vettel disse que a ideia de introduzir grids reversos na Fórmula 1 é "completamente errada."

Planos de ter corridas de classificação em alguns eventos com base em grid reverso, baseados na classificação do campeonato foram rejeitados pelas equipes no ano passado. No entanto, o chefe da F1, Ross Brawn, quer reviver a ideia depois que a ordem confusa no GP da Itália contribuiu para uma corrida emocionante, com Lewis Hamilton tentando se recuperar após cumprir uma penalidade.

Leia também:

Em teoria, sob o novo Pacto de Concórdia, novas ideias podem ser passadas para os regulamentos com a aceitação de apenas oito das 10 equipes.

“Acho que está completamente errado”, disse Vettel. “Obviamente, é um testemunho de que você falhou em criar regulamentos e ferramentas que reúnam mais o grid e tornem as corridas melhores na pista.”

“Como um lembrete, tínhamos novos regulamentos da asa dianteira que custaram uma fortuna a todos, mas no final das contas não mudaram muito em termos de corrida. Eu acho que seria errado.”

Vettel destacou que os novos regulamentos técnicos, adiados por um ano, têm como objetivo melhorar o espetáculo.

“As esperanças são em 2022, eu acho, para as mudanças no regulamento. Mas acho que precisamos consertar isso e abordar os pontos principais, em vez de tentar uma loteria.”

“Acho que é apenas contra o elemento do esporte e da competição, então, como um competidor, acho que por mais que não goste que outras pessoas ganhem, eu tenho que aceitar se outras pessoas ganham ou fazem um trabalho melhor.”

“Portanto, acho que seria errado, em nome do esporte, tentar misturar as coisas dessa maneira.”

O piloto da Williams, George Russell, também expressou sua oposição à ideia, sugerindo que os pilotos em carros mais lentos seriam ultrapassados ​​com tanta facilidade que pareceriam "estúpidos" pelos líderes.

“Para ser honesto, sou contra”, disse Russell. “O fato é que estamos no carro mais lento do grid, ou um dos carros mais lentos do grid, e seríamos comidos vivos.”

“Estaríamos nos defendendo como loucos para tentar segurar os carros mais rápidos que estão atrás e, como pilotos, vamos parecer um pouco estúpidos, porque, no final das contas, você está lutando contra caras em carros muito mais rápidos do que o seu.”

“Se eu estivesse em um dos melhores carros, eu realmente iria querer, porque faria aqueles caras parecerem heróis, simplesmente porque eles estão em um carro superior.”

“Obviamente eu sei que provavelmente conseguiríamos alguns pontos, ou um bom resultado em algum ponto com um grid reverso. Mas, para a nossa imagem, não apenas eu e Nicholas [Latifi], mas os caras da Haas, os caras da Alfa, é simplesmente impossível competir em carros tão rápidos que os seus. É onde estou."

Verstappen detona Honda após quebra de motor e “show de m....” no GP da Toscana de F1

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise na Ferrari?

 

F1: Mercedes explica fogo no freio de Hamilton na relargada em Mugello

Artigo anterior

F1: Mercedes explica fogo no freio de Hamilton na relargada em Mugello

Próximo artigo

Organização do GP da Turquia de F1 anuncia recorde de vendas: 40 mil ingressos em seis horas

Organização do GP da Turquia de F1 anuncia recorde de vendas: 40 mil ingressos em seis horas
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper