Volta do GP da Áustria agrada experientes e estreantes

Como o circuito A1 Ring, hoje Red Bull Ring, foi usado pela F-1 pela última vez em 2003, poucos andaram na pista

Volta do GP da Áustria agrada experientes e estreantes
Carregar reprodutor de áudio

Nesta semana, foi anunciado que o circuito de A1 Ring, rebatizado como Red Bull Ring, voltará a sediar o GP da Áustria a partir do ano que vem. A pista recebeu sete provas, entre 1997 e 2003, o que significa que poucos pilotos do grid atual correram por lá.

Um deles é Kimi Raikkonen, que gostou da ideia de voltar à Áustria. “Não é dos circuitos mais desafiadores, porque não tem muitas curvas. Porém, geralmente as corridas são muito boas por causa do desenho da pista, com retas longas e curvas apertadas, o que facilita as ultrapassagens. Estive lá pela última vez há três anos e ainda é o mesmo circuito, o que é legal. Fico feliz em voltar para lá, é um GP perto para ir e tem corridas boas.”

Mesmo também tendo disputado provas no velho A1 Ring – inclusive, é o único circuito em que correu do qual não tem um troféu – Fernando Alonso disse não conhecer o circuito novo. O espanhol também colocou dúvidas sobre a possibilidade real da Fórmula 1 voltar ao país.

“Não conheço a pista. Nunca corri lá ou vi alguma prova na TV, então não tenho uma opinião sobre a pista em si. Se tivermos uma na Áustria, ela será bem-vinda. Corri lá nos primeiros anos da minha carreira e é um país com muito apoio para a Fórmula 1 no momento. Mas não sei se vamos correr lá mesmo, porque foi apenas o cara de uma federação que estipulou uma data, não é oficial. Acho que, no momento, é mais uma esperança.”

Tendo estreado na Fórmula 1 apenas em 2007, Lewis Hamilton nunca correu na Áustria. Porém, lembra da corrida mais marcante disputada em A1 Ring, em 2002. “Nunca estive naquela pista. Minha única lembrança de lá é de quando Barrichello deixou Michael passar. É outra corrida, é um país legal, então estou animado.”

compartilhar
comentários
Alonso não espera alteração de forças no GP da Hungria
Artigo anterior

Alonso não espera alteração de forças no GP da Hungria

Próximo artigo

"Ficaria orgulhoso mesmo se me aposentasse no dia seguinte"

"Ficaria orgulhoso mesmo se me aposentasse no dia seguinte"
Carregar comentários