Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Webber se diz “nervoso” por retorno de Kubica à F1

compartilhar
comentários
Webber se diz “nervoso” por retorno de Kubica à F1
28 de jan de 2019 15:27

Australiano torce para que polonês, que volta à categoria após oito anos, não tenha dificuldades físicas nos GPs de 2019

Mark Webber admitiu estar “um pouco nervoso” com o retorno de Robert Kubica à F1, sendo que ele espera que o antigo colega não tenha dificuldades físicas com a Williams em 2019.

Kubica não compete na categoria desde o GP de Abu Dhabi de 2010, o último de sua campanha pela Renault. Em fevereiro de 2011, o polonês sofreu um grave acidente de rali que causou grandes danos ao seu braço direito, que foi justamente o que lhe tirou de ação por tanto tempo.

No entanto, Kubica se dedicou à recuperação física e conseguiu voltar ao volante de um carro de F1. Ele foi piloto reserva e de testes da Williams no ano passado e obteve a promoção ao posto de titular para 2019.

Kubica teve de adaptar seu estilo de pilotagem às suas limitações físicas, e Webber espera que isso não cause problemas. “Estou um pouco nervoso por Robert”, disse o australiano, que se aposentou da F1 ao fim de 2013, ao canal do YouTube WTF1.

“Sou um grande fã, mas eu só espero que suas restrições com o braço direito não sejam frustrantes para ele em alguns cenários – como pilotar na chuva, ou numa aquaplanagem, subindo nas zebras ou coisas do tipo.”

“Mentalmente, não há dúvidas [de que ele conseguirá dar conta do recado]. Robert está em uma forma física incrível, ele é muito faminto para se provar – acho que o mais importante é provar a si mesmo.”

“Ele não precisa provar nada a ninguém, mas sim, há algumas questões em aberto.”

Kubica, de 34 anos, correrá ao lado de George Russell, de 20, que chega à F1 após conquistar títulos consecutivos na GP3 e F2.

 

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

Próximo artigo
Irvine lembra soco de Senna: “tentou fazer parecer que era minha culpa”

Artigo anterior

Irvine lembra soco de Senna: “tentou fazer parecer que era minha culpa”

Próximo artigo

Sauber: equipes de ponta, não de meio de grid, são nossas referências

Sauber: equipes de ponta, não de meio de grid, são nossas referências
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1