F2: Drugovich conquista marcas históricas com vitória em Mônaco

Drugovich conquistou sétima vitória na categoria, tornando-se um dos pilotos que mais venceu na F2; ele também é o 6º brasileiro a vencer um GP em Mônaco

F2: Drugovich conquista marcas históricas com vitória em Mônaco
Carregar reprodutor de áudio

Felipe Drugovich viveu mais um final de semana mágico em sua trajetória na Fórmula 2. Depois de abandonar a primeira prova da 5ª etapa da F2 no sábado, o brasileiro venceu de ponta a ponta a segunda e mais valiosa corrida, disputada neste domingo (29) em Mônaco, e aumentou sua vantagem na liderança do campeonato.

Piloto da equipe holandesa MP Motorsport – que também lidera o campeonato –, Drugovich largou na pole position e manteve a posição na chegada da primeira curva. E a partir daí impôs um ritmo muito forte, chegando a marcar a melhor volta da prova nas três primeiras passagens.

Leia também:

Com sua quarta vitória na temporada – a terceira nas quatro últimas corridas –, Felipe Drugovich atingiu a marca de segundo piloto com mais triunfos (7) na história da Fórmula 2, empatado com os atuais pilotos de Fórmula 1 Charles Leclerc e George Russell. Artem Markelov e Nick De Vries, com oito vitórias, lideram a estatística.

Entre os brasileiros, ele é sexto vencedor em Mônaco. Antes de Felipe, apenas Ayrton Senna (Fórmula 1), Bruno Senna (GP2), Bruno Junqueira (Fórmula 3000), Jaime Melo Júnior (Fórmula Renault Eurocup) e Cacá Bueno (Jaguar I-Pace e-Trophy) triunfaram nas ruas do Principado.

Com mais 25 pontos somados na tabela de classificação, Drugovich aumentou para 32 sua vantagem para Pourchaire na liderança do campeonato.

Felipe Drugovich em Mônaco

Felipe Drugovich em Mônaco

Photo by: Dutch Photo Agency

“Foi uma corrida absurda. No começo eu estava muito bem, muito rápido, mas abusei um pouco do primeiro jogo de pneus, o que, na verdade, não chegou a causar prejuízo”relembra Felipe Drugovich. “Depois, no segundo jogo, tive problemas com os pneus dianteiros, um pouco também porque o erro da equipe fez com que eu desse voltas que não deveriam ter sido dadas com eles na prova de ontem. Os pneus ‘acabaram’ nas 10 últimas voltas e tive muito trabalho para me defender dele, eu não tinha muita coisa a fazer. Consegui segurar a ‘barra’ e estou muito feliz por ter vencido em Mônaco. A tomada de tempos foi essencial”, finalizou.

A 6ª etapa do Campeonato Mundial de Fórmula 2 será realizada daqui a duas semanas, entre os dias 10 e 12 de junho, no Azerbaijão.

compartilhar
comentários
F2: Fittipaldi mantém boa fase com 5º em Mônaco
Artigo anterior

F2: Fittipaldi mantém boa fase com 5º em Mônaco

Próximo artigo

‘Conselheiro’ de Drugovich, Amir Nasr revela plano para brasileiro na F1

‘Conselheiro’ de Drugovich, Amir Nasr revela plano para brasileiro na F1