F-E - Sette Câmara fala sobre adaptação e crava objetivo para próximas etapas: "Quero voltar a pontuar"

Piloto brasileiro coloca a etapa de Diriyah como sua melhor na categoria até aqui

F-E - Sette Câmara fala sobre adaptação e crava objetivo para próximas etapas: "Quero voltar a pontuar"

Disputando sua primeira temporada completa na Fórmula E, o brasileiro Sérgio Sette Câmara vive um processo de adaptação à categoria e suas particularidades. E apesar de dificuldades vistas após a etapa de Diriyah, sua melhor no ano, Sette Câmara acredita está começando a entender melhor os desafios, mas destaca o que é preciso para atingir seu principal objetivo: voltar a pontuar.

Beneficiando-se da regra de grupos na classificação, o brasileiro, que corre pela equipe Dragon, teve uma ótima performance em Diriyah, na abertura da temporada 2021, terminando em quarto na segunda corrida do final de semana. Mas, desde então, vem encontrando dificuldades com relação à conservação de energia do carro e não conseguiu pontuar novamente.

Leia também:

Antes da rodada dupla do ePrix de Puebla neste fim de semana, Sette Câmara analisou sua temporada até aqui durante coletiva com jornalistas brasileiros. O piloto da Dragon começou explicando porque Diriyah foi uma etapa onde "tudo deu certo".

"Nossa melhor etapa foi a primeira etapa, em Diriyah, muito por conta dos grupos da classificação. Quem terminou na frente no campeonato do ano passado, caiu no primeiro grupo, pegou areia na pista. E Diriyah é uma pista difícil de ultrapassar, então conseguimos manter a posição. Foi uma corrida em que deu tudo certo".

Sette Câmara destacou como a comunicação é um desafio em particular da F-E, em comparação com outras categorias, mas como em Mônaco ele já foi capaz de controlar melhor a situação.

"Desde então tem sido um pouco complicado, parece que eu sofro um pouco na corrida com gerenciamento de energia. A comunicação também é difícil na Fórmula E. O engenheiro fala muita coisa no rádio e você já tá muito ocupado guiando e batalhando com outros pilotos e ele fica passando mudança, coisas no volante e isso é uma dificuldade".     

"Mas pouco a pouco vou me adaptando. Mônaco, que é uma das pistas mais difíceis, que você precisa manter a atenção sempre, eu consegui controlar a corrida melhor. Agora, temos que voltar a encaixar tudo em um final de semana só. Até hoje só conseguimos isso em Diriyah. Outros lugares, eu consegui uma classificação competitiva e uma corrida ruim, ou uma classificação ruim e fui bem na corrida".

Em 21º na classificação, com apenas os 12 pontos conquistados na corrida dois de Diriyah, Sette Câmara tem noção das limitações do carro da Dragon com relação a luta por vitórias e pódio. Por isso, mantém os pés no chão com seus objetivos.

"Quero muito voltar a pontuar. Eu sabia que seria complicado ganhar ou pódio. Quando cheguei em quarto em Diriyah, sabia que não seria sempre assim. Meu objetivo é pontuar e quero voltar a pontuar".

SEXTA-LIVRE: Briga de Mercedes e Red Bull segue ferrenha na França; veja análise de TLs

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #112 – TELEMETRIA: A volta da F1 a um circuito ‘normal’ com Rico Penteado

 

compartilhar
comentários
Di Grassi revela que se aposentará caso não consiga equipe na F-E para 2022

Artigo anterior

Di Grassi revela que se aposentará caso não consiga equipe na F-E para 2022

Próximo artigo

F-E: Sette Câmara é punido com 20 posições por "checagens de precaução" da Dragon

F-E: Sette Câmara é punido com 20 posições por "checagens de precaução" da Dragon
Carregar comentários