Fórmula 1
07 ago
Treino Livre 1 em
05 Horas
:
50 Minutos
:
06 Segundos
Fórmula E IndyCar
17 jul
Evento encerrado
NASCAR Cup
02 ago
Evento encerrado
R
Michigan II
07 ago
Postponed
Stock Car Brasil
24 jul
Evento encerrado
R
Interlagos - Corrida do Milhão
21 ago
Próximo evento em
13 dias
MotoGP
06 ago
Evento em andamento . . .

Assim como Honda e Yamaha, Kawasaki também suspende participação no SuperBike Brasil

compartilhar
comentários
Assim como Honda e Yamaha, Kawasaki também suspende participação no SuperBike Brasil
28 de mai de 2019 11:26

Depois de morte de Danilo Berto, as três montadoras decidiram se afastar da categoria até que medidas de segurança sejam melhoradas

Depois de Honda e Yamaha, outra importante montadora decidiu se afastar do SuperBike Brasil. Trata-se da Kawasaki, que acompanhou a decisão das concorrentes e também optou por suspender a participação na principal categoria de motovelocidade do País. A decisão vem após a morte do piloto Danilo Berto, neste domingo. A fatalidade foi a quinta do campeonato em cinco anos, sendo a quarta no circuito de Interlagos nos últimos três.

Leia também:


Com isso, as montadoras decidiram se afastar da categoria até que medidas de segurança mais eficientes sejam tomadas. A pista paulistana, aliás, é uma das principais do SuperBike Brasil e apontada como insegura para provas de motovelocidade. 

Confira o comunicado da Kawasaki:
 
 
 
"A JC Racing – Team Kawasaki Brasil lamenta profundamente o falecimento do piloto Danilo Berto após acidente ocorrido neste último domingo (26) durante etapa do SuperBike Brasil e presta condolências aos familiares e amigos.

Informamos que em razão dos últimos acontecimentos, o Team Kawasaki Brasil decide suspender temporariamente a participação da equipe no SuperBike Brasil.
 
JC Racing – Team Kawasaki Brasil"
 

Berto já havia se acidentado com gravidade em 2018, após ser "atropelado" em largada de prova do SuperBike, quando teve que passar por cirurgias na perna direita e nas vértebras. O acidente fatal deste domingo é o quinto na categoria em cinco anos. Destes, quatro foram no circuito de Interlagos, que é apontado como perigoso para eventos de motovelocidade.

No começo de abril, outro piloto da SuperBike Brasil, Mauricio Paludete, morreu após outra prova em Interlagos, quando perdeu o controle de sua moto na entrada do S do Senna. O acidente fatal de Paludete havia sido terceiro que a categoria viu no circuito paulista em três anos.

Nelsinho Piquet volta ao rallycross para 1ª temporada do TitansRX, mas segue na Stock Car

Artigo anterior

Nelsinho Piquet volta ao rallycross para 1ª temporada do TitansRX, mas segue na Stock Car

Próximo artigo

Após desistências de montadoras, Motul anuncia permanência no SuperBike Brasil

Após desistências de montadoras, Motul anuncia permanência no SuperBike Brasil
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Geral