GT Sprint Race: peso 'extra' estabelece mais um desafio aos líderes

Competição está em sua 11ª temporada e terá sua segunda etapa no dia 03 de abril, no autódromo paulista de Mogi Guaçu

GT Sprint Race: peso 'extra' estabelece mais um desafio aos líderes
Carregar reprodutor de áudio

O Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu, distante 170 quilômetros da cidade de São Paulo, será palco da segunda etapa da Dignity Gold GT Sprint Race. E as duas corridas marcadas para o domingo, dia 03 de abril, vão gerar uma enorme expectativa, pois o lastro de sucesso (peso extra) representará um desafio extra aos líderes na tabela de classificação das três divisões: PRO, AM e PROAM.

O editor recomenda:

O desafio do lastro fez parte do regulamento de todos os anos do campeonato e permanecerá em todas as etapas da 11ª temporada. A proporção seguirá: 30 kg ao primeiro colocado, 25 kg ao segundo e 20 kg ao terceiro.

O lastro será um fator extra para Walter Lester e Giovani Girotto: por estarem empatados com 45 pontos na classe AM, a mais democrática da categoria, ambos levarão 30 kg. ”O lastro do sucesso, que os líderes do campeonato levam, dá a chance para os outros pilotos se aproximarem e esquentarem a competição. No Velocitta, faz mais diferença ainda, já que é um traçado que tem várias subidas”, destaca Girotto.

Para Lester, a expectativa é manter a regularidade no campeonato. “No Velocitta, usando o lastro, dificulta um pouco. É uma pista com subidas e freadas fortes nas descidas. Importante é largar bem e manter o ritmo”, afirma o paulistano do GTSR#17.

O debutante Alexandre Kauê é o vice-líder na divisão AM após a etapa inaugural do calendário. “Minha estreia foi uma experiência ótima. Os carros estão muito bons e a equipe técnica também se mostra num nível impressionante de dedicação e paixão pelo que estão fazendo. Como estratégia, pretendo me focar nos meus próprios resultados, brigando comigo mesmo para aprimoramento pessoal. Quero um ano divertido!”, diz o curitibano.

Thiago Camilo e Raphael Teixeira, pilotos do GTSR#21, são os líderes na PRO, a classe mais competitiva da categoria. “Vamos para a próxima etapa com o peso do lastro (30kg) por conta da posição no campeonato. O objetivo é buscar uma rápida adaptação com Raphael e fazer uma boa classificação, administrando a vantagem, se possível”, menciona Camilo, que também é vice-líder da Stock Car 2022.

Teixeira diz: “Eu quero carregar o lastro o ano todo (risos)… É algo muito importante para termos equalização e mais disputas. Mas, ainda assim, acho que conseguiremos manter a regularidade e alcançar os títulos."

Rafael Seibel, líder na PROAM, afirma: “Velocitta é uma pista onde o lastro castiga bastante, mas a conheço super bem e nela tive bons resultados, como uma pole position em 2019. A expectativa para a etapa é somar o maior número de pontos possíveis, com cautela."

Novato, Brendon Zonta é o vice-líder na PROAM. “É muito satisfatório sair tão bem da minha etapa de estreia em uma pista desafiadora como Santa Cruz do Sul, ainda mais sob chuva, conseguindo ser vice-líder na classe. O plano agora é focar em uma constância no Velocitta, mesmo com o peso adicional, para conseguir bons resultados nas duas corridas e ficar mais próximo da disputa da liderança do campeonato”, ressalta.

As nove etapas da Dignity Gold GT Sprint Race 2022 terão transmissão ao vivo para todo o País pelo  site do Motorsport.com Brasil, com narração de Luc Monteiro e com os comentários de Eduardo Serratto.

 

Classificação do campeonato, após primeira etapa (duas corridas):

PRO

1) #21 Thiago Camilo/Raphael Teixeira, 45 pontos

2) #77 Ricardo Sperafico/ Pedro Costa, 33

3) #13 Rafael Dias, 32

4) #82 Gerson Campos, 28

5) #19 Luciano Zangirolami/Sérgio Ramalho, 26

6) #01 Marcelo Henriques/Alex Seid, 20

7) #37 Ayrton Chorne, 18

8) #87 Rodrigo Sperafico/Jorge Martelli, 16

9) #12 Edgar Bueno Neto, 8

 

AM

1) #17 Walter Lester, 45 pontos

2) #72 Giovani Girotto, 45

3) #08 Alexandre Kauê, 28

4) #78 Leo Yoshii, 16

5) #31 Roberto Possas, 14

 

PROAM

1) #79 Rafael Seibel, 39 pontos

2) #56 Brendon Zonta, 32

3) #18 Dudu Trindade, 25

4) #54 Diogo Moscato, 20

5) #61 Antonio Junqueira, 16

6) #10 Adalberto Baptista, 10

7) #16 Lucas Mendes/Marco Garcia, 8

-

Calendário GT Sprint Race 2022:

Etapa 1 – 13 de março – Santa Cruz do Sul (RS)

Etapa 2 – 3 de abril – Velocitta – Mogi Guaçu/SP

Etapa 3 – 1º de maio – Interlagos – São Paulo/SP – #SuperPole

Etapa 4 – 5 de junho – Goiânia/GO – #SpecialEdition

Etapa 5 – 9 de julho – Londrina/PR – #NightChallenge

Etapa 6 – 21 de agosto – Interlagos – São Paulo/SP – #SpecialEdition

Etapa 7 – 18 de setembro – Tarumã, Viamão/RS

Etapa 8 – 6 de novembro – Brasília/DF – #SpecialEdition

Etapa 9 – 11 de dezembro – Londrina/PR – #MatchPoint

Vitória de VERSTAPPEN? F1 promete ENQUADRAR produção de DRIVE TO SURVIVE após “fabricar rivalidades”

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #169 - TELEMETRIA: Rico Penteado aponta o que GP na Arábia terá de diferente

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
GT Sprint Race: Pilotos iniciam campanhas pelos títulos da 11ª temporada
Artigo anterior

GT Sprint Race: Pilotos iniciam campanhas pelos títulos da 11ª temporada

Próximo artigo

GT Sprint Race desembarca no Velocitta no dia 1º de abril; saiba

GT Sprint Race desembarca no Velocitta no dia 1º de abril; saiba