GT Sprint Race: Pilotos iniciam campanhas pelos títulos da 10ª edição

Júlio Campos e Léo Torres são os líderes da classe PRO; Francesco Franciosi está na frente na PROAM e Bruno Campos abre larga vantagem na AM

GT Sprint Race: Pilotos iniciam campanhas pelos títulos da 10ª edição

Após o show de emoções e velocidades da primeira etapa da GT Sprint Race 2021, realizada no Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu (SP), no final de semana passado, o campeonato divulga as suas primeiras parciais da tabela de classificação. Os pilotos Júlio Campos/Leo Torres, que revezam o cockpit do GTSR#4, estão em primeiro lugar na classe PRO, com 40 pontos. Francesco Franciosi (#73) lidera a PROAM, com 40 pontos. Na AM, Bruno Campos (#33), abriu larga vantagem na ponteira da classe, com 50 pontos.

Leia também:

Para Júlio Campos, estar na liderança é o melhor cenário possível para a dupla: “Viemos bem-preparados para brigar pelo campeonato. Nosso objetivo é buscar o título. Agora com o peso do lastro (30kg), por conta da posição no campeonato, temos que estudar novos planos e as melhores táticas possíveis, para que conquistemos o maior número de pontos. Vamos com tudo para a próxima etapa”, disse o piloto curitibano.

“Já conseguimos mostrar a que viemos e que nosso objetivo é buscar o título da PRO em 2021. Deveremos fazer o máximo para manter nossa liderança. Não será nada fácil, mas a nossa estratégia é treinar no simulador, kart, e manter o foco”, complementou seu parceiro e conterrâneo Léo Torres.

Na AM, Bruno Campos, liderou os treinos e conquistou a vitória nas duas corridas do final de semana: “A etapa foi incrível, tudo saiu perfeito e estou muito feliz. Iniciar o ano na liderança da modalidade que se pratica é sempre muito gratificante”, declara o competidor paulista. 

Franciosi, líder da PROAM, revela que podia ter feito melhor, mas está bem feliz com seu posicionamento na classificação: “Tive um pouco de dificuldade de me acostumar com o carro durante o final de semana, pois estava há um tempo longe das pistas. No final, sai até que bem, mas poderia ter feito melhor. Não posso reclamar, afinal meus resultados me levaram à liderança. A estratégia agora é ganhar em todas as próximas etapas, tentando andar o melhor possível, sem cometer erros e comparecer em todas as provas para não deixar de pontuar”, afirmou Francesco, representante da Bahia.

O calendário da competição está dividido em duas séries e nove etapas: o campeonato nacional propriamente dito, com seis etapas (duas corridas cada), todas no Brasil (Velocitta, Interlagos, Cascavel e Curitiba), e a “Special Edition” três etapas (Goiânia, Tarumã e Potenza), com três corridas cada. Da somatória dessas duas séries sairá o campeão da Overall nas suas respectivas categorias: PRO, PROAM e AM.

As próximas corridas da GT Sprint Race, que serão disputadas no formato #Special Edition, estão previstas para o dia 23 de maio, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), que receberá a categoria pela segunda vez.

As nove etapas da GT Sprint Race terão transmissão ao vivo para todo o país pelo YouTube do Motorsport.com, e ainda pela TV, no BandSports.

GT Sprint Race 2021 - 1ª Etapa | Velocitta 

PODCAST: TELEMETRIA: Tudo sobre o GP da Espanha com Rico Penteado

 

compartilhar
comentários
Estrela do automobilismo brasileiro, Camilo elogia GT Sprint Race

Artigo anterior

Estrela do automobilismo brasileiro, Camilo elogia GT Sprint Race

Próximo artigo

GT Sprint Race festeja primeira corrida de sua história

GT Sprint Race festeja primeira corrida de sua história
Carregar comentários