Ex-F1, Rossi vence edição histórica da Indy 500; Kanaan é 4°

Novato da Andretti surpreendeu, após ter estratégia de combustível perfeita. Kanaan foi o quarto e Castroneves terminou em 11°

Ex-F1, Rossi vence edição histórica da Indy 500; Kanaan é 4°

A edição histórica da Indy 500 reservou uma grande surpresa. Alexander Rossi foi o grande vencedor da prova e vai estampar seu rosto no mítico troféu. O norte-americano surpreendeu ao aparecer nas voltas finais à frente de nomes que estiveram constantes na prova, como Helio Castroneves, Tony Kanaan, Ryan Hunter-Reay, Josef Newgarden, entre outros. O novo vencedor fez 36 voltas com o mesmo tanque, algo impensado antes da prova. A volta de consagração foi interrompida pela pane seca.

Os brasileiros foram bem, mas acabaram tendo azar no fim. Helio teve que refazer sua ordem de paradas após ser tocado por J.R. Hildebrand e ter parte da carenagem traseira avariada. Nas voltas finais teve que ir para os pits e terminou em 11°.

Já Tony teve que parar no fim e mesmo com os pits stops de seus principais concorrentes, acabou na quarta colocação.

O vencedor da prova no ano passado, Juan Pablo Montoya, bateu na volta 64 e teve que abandonar.

Foi a primeira vitória de um novato na Indy 500 desde 2001, com a vitória de Castroneves. 

A Corrida

A largada foi limpa, sem qualquer incidente. Ryan Hunter-Reay e James Hinchcliffe se revezaram pela troca de liderança. Tony Kanaan, que saiu da 18° posição, avançou nas primeiras voltas, chegando  ao top10 nas primeiras cinco. Já Helio Castroneves caiu para a décima posição.

A primeira rodada de pit stops começou a partir da 30° volta e Townsend Bell assumiu a ponta após o ciclo terminado.

A bandeira amarela inaugural foi trazida por detritos na pista, na volta 47. Na passagem pelos pits, Kanaan teve seu carro levemente atingido pelo de Will Power, mas sem maiores problemas.

Na relargada, Hunter-Reay retomou a liderança, com Bell e Newgarden logo atrás. Kanaan e Castroneves vinham na sexta e sétima posições, respectivamente.

Na volta 64, o vencedor das 500 milhas de 20015, Juan Pablo Montoya, trouxe a primeira amarela ocasionada por um acidente. O colombiano se perdeu na curva 2, atingindo o muro e, felizmente, sem coletar outro concorrente.

O recomeço aconteceu na volta 76 e Hinch seguia dominando, mas Castroneves começava a avançar, conseguindo o terceiro posto dez giros depois, o segundo na volta 89 e a liderança na 90.

Em seguida, o brasileiro entrou no ritmo dos dois principais pilotos que dominavam a prova até então, trocando a posição de comando da corrida.

Na 93° volta, Sage Karam bateu violentamente no muro da curva 1, ele ocupava a sétima posição. O piloto nada sofreu, mas deixou a pista muito suja.

A relargada aconteceu na 104, com o brasileiro brigando pela liderança com Hunter-Reay, mas quem cresceu foi Kanaan, que assumiu a ponta na 109° volta.

Mas um novo acidente aconteceu entre Conor Daly e Mikhail Aleshin. O russo rodou sozinho, Daly acabou se assustando e acabou indo para o muro também.

Nos pits, Townsend Bell bateu em Castroneves, quando passava pelo retão e atingiu  Hunter-Reay por tabela. O número #29 foi punido com um stop and go.

Na volta 140, alguns pilotos começaram a ir para os boxes, incluindo Alexander Rossi, com estratégia diferente, ele liderava a prova até então.

A essa altura, os dois brasileiros lideravam, com Castroneves em primeiro e Kanaan em segundo.

Durante pit stops, Buddy Lazier trouxe nova amarela, ao ter a roda traseira esquerda escapando de seu carro.

Na relargada da volta 159, a dobradinha se desfez, com Newgarden e Hinchcliffe atrapalhando a festa brasileira em Indianápolis.

Enquanto Helio se via em apuros com a carenagem da roda traseira esquerda se soltando, Takuma Sato trouxe nova paralisação ao se chocar no muro, dando a oportunidade ao brasileiro de arrumar seu carro. O dano foi ocasionado por um toque de JR Hildebrand.

Kanaan dominava a prova, mesmo com indícios de que precisaria de mais uma parada nos pits para reabastecimento.

Newgarden acabou retomando o comando da competição com menos de 20 para o fim. Na 193, Kanaan e vários pilotos da frente entraram nos pits para reabastecimento. Alexander Rossi, na estratégia liderou para não perder mais.

A próxima etapa da IndyCar será em Detroit, na rodada dupla de 4 de junho.

Confira o resultado completo

PosiçãoPilotoEquipeCarroTempoVoltas
1 Estados UnidosAlexander Rossi  Andretti Herta Autosport Dallara DW12 3:02.0872 200
2 ColômbiaCarlos Munoz  Estados UnidosAndretti Autosport Dallara DW12 +4.4975 200
3 Estados UnidosJosef Newgarden  Estados UnidosCFH Racing Dallara DW12 +4.9304 200
4 BrasilTony Kanaan  Estados UnidosChip Ganassi Racing Dallara DW12 +10.4963 200
5 Reino UnidoCharlie Kimball  Estados UnidosChip Ganassi Racing Dallara DW12 +10.5218 200
6 Estados UnidosJ.R. Hildebrand  Estados UnidosCFH Racing Dallara DW12 +11.3459 200
7 CanadáJames Hinchcliffe  Estados UnidosSchmidt Peterson Motorsports Dallara DW12 +12.7744 200
8 Nova ZelândiaScott Dixon  Estados UnidosChip Ganassi Racing Dallara DW12 +15.1607 200
9 FrançaSébastien Bourdais  Estados UnidosKV Racing Technology Dallara DW12 +21.0613 200
10 AustráliaWill Power  Estados UnidosTeam Penske Dallara DW12 +21.5171 200
11 BrasilHelio Castroneves  Estados UnidosTeam Penske Dallara DW12 +22.1015 200
12 EspanhaOriol Servia  Estados UnidosSchmidt Peterson Motorsports Dallara DW12 +23.8140 200
13 Estados UnidosMarco Andretti  Estados UnidosAndretti Autosport Dallara DW12 +24.9700 200
14 Estados UnidosGraham Rahal  Rahal Letterman Lanigan Theodore Racing Dallara DW12 +28.2494 200
15 Reino UnidoMax Chilton  Estados UnidosChip Ganassi Racing Dallara DW12 +28.7589 200
16 Reino UnidoJack Hawksworth  Estados UnidosA.J. Foyt Enterprises Dallara DW12 +32.1748 200
17 CanadáAlex Tagliani  Estados UnidosA.J. Foyt Enterprises Dallara DW12 +32.1993 200
18 Reino UnidoPippa Mann  Estados UnidosDale Coyne Racing Dallara DW12 +1 lap 199
19 FrançaSimon Pagenaud  Estados UnidosTeam Penske Dallara DW12 +1 lap 199
20 ColômbiaGabby Chaves  Estados UnidosDale Coyne Racing Dallara DW12 +1 lap 199
21 Estados UnidosTownsend Bell  Estados UnidosAndretti Autosport Dallara DW12 +1 lap 199
22 AustráliaMatt Brabham  AustráliaTeam Murray Dallara DW12 +1 lap 199
23 Estados UnidosBryan Clauson  Dale Coyne / Jonathan Byrd's Racing Dallara DW12 +2 laps 198
24 Estados UnidosRyan Hunter-Reay  Estados UnidosAndretti Autosport Dallara DW12 +2 laps 198
25 Estados UnidosSpencer Pigot  Estados UnidosRahal Letterman Lanigan Racing Dallara DW12 +5 laps 195
26 JapãoTakuma Sato  Estados UnidosA.J. Foyt Enterprises Dallara DW12 +37 laps 163
27 RússiaMikhail Aleshin  Estados UnidosSchmidt Peterson Motorsports Dallara DW12 +74 laps 126
28 Stefan Wilson  Estados UnidosKV Racing Technology Dallara DW12 +81 laps 119
29 Estados UnidosConor Daly  Estados UnidosDale Coyne Racing Dallara DW12 +85 laps 115
30 Estados UnidosBuddy Lazier  Lazier/Burns Racing Dallara DW12 +100 laps 100
31 Estados UnidosEd Carpenter  Estados UnidosCFH Racing Dallara DW12 +102 laps 98
32 Estados UnidosSage Karam  Dreyer & Reinbold Racing Dallara DW12 +107 laps 93
33 ColômbiaJuan Pablo Montoya  Estados UnidosTeam Penske Dallara DW12 +137 laps 63
compartilhar
comentários
Siga volta a volta as 500 Milhas de Indianápolis
Artigo anterior

Siga volta a volta as 500 Milhas de Indianápolis

Próximo artigo

Rossi deixa de ser sinônimo de MotoGP em Indianápolis

Rossi deixa de ser sinônimo de MotoGP em Indianápolis
Carregar comentários