Em 1º teste na MotoGP, Syahrin mira acumular quilometragem

Sob analise pela Tech 3, piloto malaio espera fazer trabalho consistente em início na Tailândia

Em 1º teste na MotoGP, Syahrin mira acumular quilometragem
Hafizh Syahrin, Petronas Raceline Malaysia
Hafizh Syahrin, Petronas Raceline Malaysia
Yonny Hernandez, Monster Yamaha Tech 3
Hafizh Syahrin, Petronas Raceline Malaysia
Third place Hafizh Syahrin, Petronas Raceline Malaysia
Hafizh Syahrin, Petronas Raceline Malaysia
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Hafizh Syahrin, Petronas Raceline Malaysia
Hafizh Syahrin, Petronas Raceline Malaysia
Carregar reprodutor de áudio

Depois de escolher o colombiano Yonny Hernandez para o primeiro teste de 2018, a Tech 3 deu um passo em direção à decisão de quem será o substituto de Jonas Folger neste ano, selecionando o malaio Hafizh Syahrin para o treino em Buriram.

O piloto, que se desligou de sua equipe na Moto2 e já foi substituído, tem tudo para ser o primeiro malaio e muçulmano a chegar à categoria principal do mundial.

"Meu objetivo era me tornar piloto de MotoGP o mais rápido possível, e não estava planejado isso para este ano, mas obtive uma ótima oportunidade e tenho muita sorte”, falou Syahrin.

“Tenho que agradecer a Tech 3 pela oportunidade de fazer esse teste e por ser o primeiro piloto do Sudeste Asiático nesta categoria."

Chamado de "Pescao”, Hafizh vai andar nesta sexta pela primeira vez na Yamaha M1 – moto bem diferente da Kalex que costumava andar na Moto2. Além disso, o piloto terá várias desvantagens, uma vez que sua inexperiência com a nova moto será agravada pelo fato de os outros pilotos já terem feito outros testes de pré-temporada.

"Estou ansioso para participar deste teste. Acho que me preparei bem fisicamente durante o inverno para chegar aqui, e veremos como o teste será. Será a minha primeira vez e não tenho experiência com na MotoGP. Os pneus e também a moto são melhores que na Moto2."

No entanto, a Monster Yamaha Tech 3 está consciente das dificuldades envolvidas nesta situação. O time não exigirá nada além de quilometragem do malaio.

"Tenho certeza de que o time vai me ajudar com o estilo de pilotagem”, seguiu.

“Herve Poncharal (chefe da equipe) me disse que se compararmos com o resto dos pilotos, eles já testaram três vezes esse inverno, então esta será a quarta vez para eles. Para mim vai ser a primeira.”

“Ele me disse para eu apenas tentar me adaptar à moto e acumular mais experiência."

compartilhar
comentários
Márquez: “Espero que Rossi não siga melhorando com os anos”
Artigo anterior

Márquez: “Espero que Rossi não siga melhorando com os anos”

Próximo artigo

Tech 3 garante tentar “120%” recontratar Folger no futuro

Tech 3 garante tentar “120%” recontratar Folger no futuro