Festa e sofrimento em Mugello: frases do final de semana

GP da Itália trouxe a terceira vitória de Andrea Dovizioso na MotoGP e Valentino Rossi sofrendo com as dores de um acidente de motocross; confira declarações em mais uma edição da Sala de Imprensa

Festa e sofrimento em Mugello: frases do final de semana
Carregar reprodutor de áudio
"Foi um dia muito estranho, porque à noite eu estava vomitando. No warm-up eu só consegui dar uma volta, mas felizmente tínhamos tudo pronto e estávamos preparados."
"Foi um dia muito estranho, porque à noite eu estava vomitando. No warm-up eu só consegui dar uma volta, mas felizmente tínhamos tudo pronto e estávamos preparados."
1/10
Andrea Dovizioso, vencedor do GP da Itália, revelou que passou a noite anterior à prova com enjoo. No fim, o italiano conseguiu levar a Ducati novamente ao topo do pódio e conquistar a terceira vitória na MotoGP.

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

“É muito bom me ver em segundo no campeonato, mas eu não quero fazer previsões porque cada vez que fizemos estivemos errados."
“É muito bom me ver em segundo no campeonato, mas eu não quero fazer previsões porque cada vez que fizemos estivemos errados."
2/10
Com o triunfo em Mugello, Dovizioso subiu para segundo no campeonato, mas prefere não se colocar na briga pelo título.

Foto de: Miquel Liso

"Com certeza é uma grande pena perder o pódio, porque é sempre um alvo. Aqui em Mugello é ainda mais importante na frente de toda essa multidão."
"Com certeza é uma grande pena perder o pódio, porque é sempre um alvo. Aqui em Mugello é ainda mais importante na frente de toda essa multidão."
3/10
Valentino Rossi, que chegou a liderar a prova, terminou fora do pódio e lamentou o resultado em frente aos fãs italianos.

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

"Dentro de mim, eu sabia que as 23 voltas seriam difíceis, porque sofri mais do que o habitual. Faltando oito voltas para o final, eu estava acabado e eu comecei a sofrer mais."
"Dentro de mim, eu sabia que as 23 voltas seriam difíceis, porque sofri mais do que o habitual. Faltando oito voltas para o final, eu estava acabado e eu comecei a sofrer mais."
4/10
Rossi, que sofreu um acidente de motocross às vésperas da prova em Mugello, reconheceu que as dores em decorrência do acidente o atrapalharam - especialmente na reta final da prova.

Foto de: Miquel Liso

“Realmente conseguir 20 pontos aqui com Valentino e Marc atrás foi um grande resultado."
“Realmente conseguir 20 pontos aqui com Valentino e Marc atrás foi um grande resultado."
5/10
Maverick Viñales bem que tentou, mas não conseguiu superar Dovizioso e se contentou com o segundo lugar, que o permitiu ampliar a liderança no campeonato.

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

“Poderia marcar 1min47s5 no início da corrida, mas eu sabia que hoje não precisava correr riscos. Rossi e Márquez estavam atrás e não queria correr riscos."
“Poderia marcar 1min47s5 no início da corrida, mas eu sabia que hoje não precisava correr riscos. Rossi e Márquez estavam atrás e não queria correr riscos."
6/10
O espanhol revelou que poderia ter sido mais veloz, mas preferiu não arriscar, já que Rossi e Marc Márquez estavam atrás dele.

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

"Se alguém tivesse me dito na quinta-feira que eu estaria no pódio, eu teria dito, 'onde eu assino?' Eu teria vendido minha casa para estar aqui."
"Se alguém tivesse me dito na quinta-feira que eu estaria no pódio, eu teria dito, 'onde eu assino?' Eu teria vendido minha casa para estar aqui."
7/10
Danilo Petrucci, que recebe uma GP17 na Pramac, terminou em terceiro na prova caseira e garantiu que venderia até a própria casa para conquistar um lugar no pódio.

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

"Depois de Jerez, meu chefe, que é aqui da Toscana, me disse que eu estava bem, mas que em Mugello eu teria que dar um presente a ele. Disse a ele que Mugello era muito difícil."
"Depois de Jerez, meu chefe, que é aqui da Toscana, me disse que eu estava bem, mas que em Mugello eu teria que dar um presente a ele. Disse a ele que Mugello era muito difícil."
8/10
Após a prova, Petrucci revelou um pedido do chefe da Pramac, morador da região na qual se encontra o circuito.

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

“Fui ultrapassado no meio das curvas cinco ou seis vezes. É claramente meu ponto fraco, faço o meio das curvas muito lento e aberto."
“Fui ultrapassado no meio das curvas cinco ou seis vezes. É claramente meu ponto fraco, faço o meio das curvas muito lento e aberto."
9/10
Jorge Lorenzo chegou a liderar a prova nas primeiras voltas, mas terminou em oitavo e revelou que a principal dificuldade dele com a Ducati está no meio das curvas.

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

"Olha, quando vi o comentário de Lewis Hamilton, vocês me conhecem, tive que me segurar para não dizer nada. Legitimamente, na Fórmula 1 tem sido uma corrida de dois carros."
"Olha, quando vi o comentário de Lewis Hamilton, vocês me conhecem, tive que me segurar para não dizer nada. Legitimamente, na Fórmula 1 tem sido uma corrida de dois carros."
10/10
Graham Rahal, que dominou a rodada dupla de Detroit na Indy, não deixou barato o comentário de Lewis Hamilton sobre o nível da categoria após o bom desempenho de Fernando Alonso na Indy 500.

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

compartilhar
comentários
Lorenzo: andar em primeiro veio por coragem, não velocidade
Artigo anterior

Lorenzo: andar em primeiro veio por coragem, não velocidade

Próximo artigo

Crutchlow acusa Michelin de ter feito pneu para Ducati

Crutchlow acusa Michelin de ter feito pneu para Ducati