Pilotos da MotoGP falam de apreensão após acidente de Dupasquier e aguardam “ótimas notícias”

Rossi, Márquez, Mir, Quartararo e Bagnaia falaram sobre a apreensão que tomou conta do paddock e destacaram os perigos do esporte

Pilotos da MotoGP falam de apreensão após acidente de Dupasquier e aguardam “ótimas notícias”

O grave acidente de Jason Dupasquier durante a classificação da Moto3 na manhã deste sábado em Mugello repercutiu bastante entre os pilotos da MotoGP, que comentaram sobre o caso e desejaram melhoras ao jovem suíço após a classificação da categoria rainha.

Dupasquier se encontra internado em estado grave em Florença após o acidente, onde foi arremessado com força de sua moto e batendo no chão, além de sofrer impactos de outros pilotos da categoria. No momento, a equipe médica aguarda a evolução de seu quadro antes de proceder com uma operação.

Leia também:

Piloto mais experiente do grid da MotoGP, Valentino Rossi disse que inclusive pensou em voltar para casa depois de ver o acidente, que aconteceu minutos antes do horário programado para o início do TL4, atrasando a sessão em 30 minutos.

“É sempre muito difícil ver essas imagens e ter que voltar à pista em seguida. Não é fácil, porque você precisa encontrar a concentração. Infelizmente as motos são perigosas e o acidente de Dupasquier mostra que é difícil. Se você cai, pode ser atingido pelos que vêm atrás”.

“Foi muito ruim ver o helicóptero na pista. Espero que ele possa se recuperar. Para nós, que têm que voltar à pista, há duas opções: fugir do box, largar tudo e ir embora, ou voltar à pista, manter o foco e buscar o seu melhor”.

“Pensei em voltar para casa. Aí quando me disseram que a sessão começaria, concentrei-me e voltei a fazer o que tenho que fazer”.

Já o líder do campeonato, Fabio Quartararo, dedicou sua pole para o GP da Itália, a quarta consecutiva em 2021, a Dupasquier.

“Provavelmente foi uma das melhores voltas que já fiz na vida, e quero dedicar essa a Jason. Espero que tenhamos ótimas notícias logo”.

Vice-líder do Mundial, Francesco Bagnaia, que sai em segundo amanhã, ao lado de Quartararo, iniciou a coletiva neste sábado dizendo que mantém os dedos cruzados pela saúde de Dupasquier que “está lutando para ficar conosco”.

Joan Mir, atual campeão da MotoGP, falou sobre a apreensão que tomou conta do paddock nos minutos após o acidente.

“Este tipo de situação é muito difícil. Ficamos muito tempo esperando, já estávamos preparados para sair e não podíamos, mas não sabíamos ao certo o que estava acontecendo com ele, no chão. E por muito tempo, ninguém gosta disso”.

“Sentimos muito esse tipo de situação. Todos temos episódios em que nos machucamos. Espero que Jason esteja bem e que se recupere o mais rápido possível. Dedos cruzados”.

CONHEÇA a SAGA da roda de BOTTAS que causou MAIOR 'pit stop' da HISTÓRIA da F1 e envolveu FERRARI

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O que a liderança inédita de Verstappen representa na F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP - Márquez: Viñales tem "direito de ficar bravo" após manobra na classificação

Artigo anterior

MotoGP - Márquez: Viñales tem "direito de ficar bravo" após manobra na classificação

Próximo artigo

MotoGP: Quartararo aproveita queda de Bagnaia e vence com folga o GP da Itália; Márquez abandona com nova queda

MotoGP: Quartararo aproveita queda de Bagnaia e vence com folga o GP da Itália; Márquez abandona com nova queda
Carregar comentários