MotoGP
02 ago
-
04 ago
Evento encerrado
09 ago
-
11 ago
Evento encerrado
23 ago
-
25 ago
Evento encerrado
13 set
-
15 set
Evento encerrado
R
GP de Aragón
20 set
-
22 set
Próximo evento em
4 dias
R
GP da Tailândia
04 out
-
06 out
Próximo evento em
18 dias
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
32 dias
R
GP da Austrália
25 out
-
27 out
Próximo evento em
39 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
46 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
60 dias

Time de Rossi terá prioridade da Yamaha se entrar na MotoGP

compartilhar
comentários
Time de Rossi terá prioridade da Yamaha se entrar na MotoGP
Por:
Traduzido por: Gabriel Lima
5 de jan de 2018 20:53

Chefe da Tech 3 diz que não se interessa por parceria com VR46 e aceita que perderá parceria com montadora japonesa

Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3, Hervé Poncharal, Monster Yamaha Tech 3 Team Principal
Valentino Rossi
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Hervé Poncharal, Monster Yamaha Tech 3 Team Principal
Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Bikes of Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46, Luca Marini, Sky Racing Team VR47
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3

Com o chefe da MotoGP, Carmelo Ezpeleta, garantindo uma vaga ao time de Valentino Rossi na classe principal do mundial, o terreno para a chegada do nove vezes campeão mundial já foi preparado. Rumores sugerem que, quando o italiano - que completa 39 anos no próximo mês - se aposentar, irá assumir a gerência da VR46.

No entanto, na MotoGP a Yamaha historicamente forneceu equipamentos apenas a uma equipe satélite, o que significa que sua parceira de longa data, a Tech 3, pode ser sacada em favor de Rossi.

Chefe da Tech 3, Herve Poncharal disse: "Tive algumas discussões com eles (Yamaha), onde eu disse: ‘Vocês poderiam ter seis motos no grid?’ Eles disseram: ‘Não, seriam motos demais".

"Eu disse: ‘Ok, se você tivesse um pedido da VR46 e da Tech 3, de quem seria a prioridade?’ A resposta foi VR46. Então isso está claro. "

Poncharal não quer Rossi como parceiro

Todas as equipes satélite da MotoGP têm contrato com a Dorna para permanecer no grid até 2021, o que significa que qualquer nova equipe que surgir deve comprar uma das já existentes, ou obter aprovação unânime da Dorna e de todos os times independentes atualmente na competição.

Poncharal disse que duvida que Rossi queira fazer uma parceria com algum time existente e descartou qualquer aliança com a Tech 3.

"Temos um contrato com a Dorna, que diz que de 2017 a 2021 ninguém pode entrar no campeonato, a menos que eles encontrem uma maneira de fazer um acordo, uma parceria ou uma fusão com uma equipe existente", explicou.

"Eu não quero ele como parceiro. Talvez ele possa comprar a Aspar, a Avintia, a LCR ou qualquer outra equipe independente, mas não acho que isso seja o que ele quer.”

"Se ele está vindo, precisa ter luz verde da Dorna e também das equipes independentes que estão aqui, porque temos um acordo de exclusividade e isso está escrito lá.”

"A menos que todos nós concordemos em ter mais uma equipe, não vai acontecer. Isso poderá acontecer em 2022."

Próximo artigo
Viñales: "Meu estilo e o de Márquez são diferentes"

Artigo anterior

Viñales: "Meu estilo e o de Márquez são diferentes"

Próximo artigo

Schwantz dispara contra Iannone: “desempenho inaceitável”

Schwantz dispara contra Iannone: “desempenho inaceitável”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Equipes Monster Yamaha Tech 3 , Team VR46
Autor David Gruz