Programação da Night Challenge da NASCAR Brasil começa com treino extra em Londrina

Terceira etapa terá duas corridas, uma diurna e a almejada ‘Corrida Noturna’ pelo elenco da temporada 2023

Edson Reis e Jorge Martelli

A NASCAR Brasil Sprint Race começou a acelerar para valer nesta sexta-feira, 02 de junho, pela manhã no Autódromo Internacional Ayrton Senna com o treino extra, destinado aos pilotos das categorias AM e PROAM. Já todo o elenco entrará na pista para dois treinos oficiais preparatórios para a etapa Night Challenge, com duração de 45 minutos e máximo de 18 voltas, às 13 horas e 17h20.

Leia também:

Os dois classificatórios que definem os grids de largada serão na manhã deste sábado, 03, a partir das 10 horas. As duas corridas programadas para o terceiro encontro do calendário 2023 serão disputadas no circuito longo da pista paranaense (3.145 km). A bateria diurna terá largada às 13 horas. Já a noturna, está diretamente ligada à claridade do momento e condições climáticas, com largada prevista a partir das 17h30.

O Autódromo Internacional Ayrton Senna sediará o evento pela 13ª vez, - a primeira foi em 2013 no circuito longo com duas provas diurnas e a primeira prova noturna aconteceu em 2014.  O circuito paranaense só ficou de fora no ano de estreia da competição em 2012.

Giovani Girotto contou como foram as suas primeiras voltas no circuito de Londrina: “Adoro andar aqui em Londrina, traz boas lembranças, fui campeão aqui no ano passado na AM. A pista é arisca, tem um traçado bem bacana de andar. Nós começamos o treino extra na frente, mas tem muito treino ainda e o pessoal vai melhorar. Vamos procurar manter uma boa posição em todo o final de semana”, disse o piloto que compete este ano na PROAM ao lado do português Lourenço Beirão.

“As primeiras voltas foram uma experiência nova, como toda a programação do final de semana. Nunca tinha andado com esse carro aqui, tem bastante avanço ainda para fazer. A pista desafia muito o piloto e vai ser bem divertido a corrida ainda mais à noite”, destaca Gui Backes, da classe PROAM.

Henry Couto conseguiu boas voltas no treino extra: “Foi uma boa experiência e bem melhor do que eu imaginei ou pelo menos o que eu conhecia dela no virtual. Aqui para meter o pé no freio, tem que ser uma coisa bem pensada. Mas é isso, dia está lindo, não vai ter chuva, vamos ver como é que vai ser isso mais tarde, na penumbra do sol, mas acho que vai ser diversão, o importante é a diversão!”, comentou o competidor que marcou a primeira posição na divisão AM.

Como funciona a estratégia de um time e por que a Ferrari vai mal? Rico Penteado explica

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #232 - É o 'fim da linha' para o GP de Mônaco na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Beto Monteiro encara maratona de seis corridas entre NASCAR Brasil e Copa Truck
Próximo artigo NASCAR Brasil: Rafa Dias lidera primeiro treino em Londrina

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil