NASCAR Cup
11 out
-
13 out
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

TOP-5: Os finais mais emocionantes da Daytona 500

compartilhar
comentários
TOP-5: Os finais mais emocionantes da Daytona 500
15 de fev de 2019 15:34

Maior prova do calendário da NASCAR e que abre a temporada já teve finais de tirar o fôlego, tanto na decisão do vencedor, quanto na reação dos fãs com o resultado

A maior categoria do automobilismo norte-americano tem como ponto alto as 500 Milhas de Daytona, prova que também abre o campeonato.

Vencer na mítica pista da Flórida é algo sem precedentes na carreira de um piloto da categoria, tendo peso similar a de um título.

No próximo domingo acontece a 61ª edição e boa parte das 60 provas anteriores reservaram grandes emoções que deixaram os fãs da categoria ainda mais apaixonados pelo esporte.

A equipe do Motorsport.com selecionou cinco os momentos mais marcantes. Confira em ordem cronológica.

1976 – Batendo o “Rei” – literalmente

O ano era 1976 e o “Rei” Richard Petty buscava sua sexta vitória na pista de 2.5 milhas, mas ele não teria vida fácil. Na última volta, um emocionante pega entre ele e o carro #21 de David Pearson proporcionou uma das chegadas mais emocionantes da história da categoria. No final da curva 4, após toques pouco amistosos, ambos rodaram e parecia que Petty levaria a vitória, parando o carro a poucos metros da linha de chegada, mas na grama. Empacado na relva, Pearson conseguiu se recuperar a tempo de levar a bandeirada na frente.

1979 – Nevasca, TV ao vivo e briga

Em fevereiro de 1979 os Estados Unidos viviam um dos invernos mais rigorosos de sua história e a população se viu obrigada a ficar em casa e se deparar com uma transmissão ao vivo, do início ao fim, de uma prova da NASCAR pela primeira vez. A chuva bem que tentou atrapalhar no início da corrida transmitida pela rede CBS, mas a prova aconteceu mesmo assim. Após 199 voltas, Cale Yarborough e Donnie Allison batalhavam pela liderança que poderia render um triunfo tão importante na carreira de ambos. Mas, como ninguém cedeu, eles acabaram saindo da pista, deixando o caminho livre para Richard Petty conseguir seu sexto triunfo na Daytona 500. Enquanto o Rei saudava seus súditos, uma briga envolvendo Yarborough e Donnie Allison ganhava a companhia de Bobby Allison, irmão de Donnie, transmitida ao vivo para toda a América e cravando seu lugar na história.

1998 – A espera que chegava ao fim

Dale Earnhardt já era heptacampeão da NASCAR, mas ainda faltava a cereja do bolo em sua carreira: as 500 Milhas de Daytona. Após várias tentativas, finalmente a consagração aconteceu em 1998, após um acidente antes da abertura da última volta. A chegada pode não ter sido a mais apertada da história, mas a emoção do momento tomou conta de todos que estavam no oval, incluindo membros de equipes rivais, que formaram uma fila para poder cumprimentar o “Intimidador”.

 

2004 – A primeira de Junior

Se em 1998 a família Earnhardt viveu uma grande emoção ao presenciar a conquista de Dale Sr., três anos depois, na mesma pista de Daytona, um acidente na última volta tirou a vida de um dos maiores pilotos da história do automobilismo. Os deuses da velocidade não perderam muito tempo e a emoção voltou a tona com Dale Earnhardt Jr. conquistando seu primeiro triunfo na “Great America Race”, após batalha contra Tony Stewart.

2016 – Piscou, perdeu!

A chegada mais apertada da história das 500 Milhas de Daytona aconteceu em 2016. Apenas 0s010 separaram Denny Hamlin, o vencedor, de Martin Truex Jr., quase impossível de identificar quem triunfou à primeira vista na TV. A definição ficou mais clara apenas com a câmera postada na linha de chegada.

 

 

Próximo artigo
Johnson causa acidente e vence prova amistosa em Daytona

Artigo anterior

Johnson causa acidente e vence prova amistosa em Daytona

Próximo artigo

Hamlin sobrevive ao caos e conquista 500 Milhas de Daytona

Hamlin sobrevive ao caos e conquista 500 Milhas de Daytona
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria NASCAR Cup