NASCAR: Paludo vai para novo desafio na Xfinity Series em Road America

Piloto gaúcho foca em classificar carro entre os 10 primeiros para batalhar novamente na frente

NASCAR: Paludo vai para novo desafio na Xfinity Series em Road America
Carregar reprodutor de áudio

O segundo capítulo da trilogia do gaúcho Miguel Paludo no principal evento do mundo em carros de turismo em 2022 começa a ser escrito nesta sexta-feira. O heptacampeão da Porsche Cup retorna ao Chevrolet Camaro #88 preparado pela JR Motorsports no circuito de Road America.

Leia também:

Esta é a segunda prova do piloto BRANDT em circuito misto pela NASCAR Xfinity Series na temporada. A exemplo do que fez no ano passado levando as cores do patrocinador que o acompanha há quase uma década no Brasil e Estados Unidos, Paludo corre as três etapas da categoria em pista mista.

Tanto nas corridas de 2021 quanto na etapa realizada no Circuito das Américas no último mês de março, Paludo andou boa parte do tempo no top 10, tendo finalizado duas das quatro corridas entre os 10 melhores.

Ele sabe que para dar o próximo salto com o carro de propriedade de Dale Earnhardt Jr. será fundamental uma boa posição de grid em Road America. A lista de inscritos para a corrida de 45 voltas (182,2 milhas) tem nada menos que 41 carros.

Para cumprir seu plano de largar entre os 10, Paludo sabe que tem de ser afiado na hora certa em Road America. Com 6.515 m de extensão e 14 curvas, o traçado proporciona apenas uma “volta do pneu”, quando o carro pode entregar seu desempenho máximo na tomada de tempo. Além de uma guiada precisa, nesta hora é importante o trabalho com os spotters para estar bem-posicionado na pista, sem trânsito - além de, no melhor estilo NASCAR, contar com alguma sorte para não cruzar trechos da pista sob bandeira amarela.

“As projeções para a corrida deste fim de semana começam por classificar bem o carro”, disse Paludo. “Nunca tivemos problemas de velocidade, mas Road America é uma pista que castiga muito os pneus. É importante acertar a volta do pneu no quali, afinal a segunda volta já é na casa de 0.5s mais lenta. Poder dar uma volta limpa é importante.

“Largar no top 10 e andar no pelotão é o nosso grande objetivo para o fim de semana. As corridas de NASCAR são sempre muito dinâmicas, então estar competitivo no começo é importante para ter a chance de brigar pela vitória no final.”

A programação da Xfinity Series em Road America determina um treino livre de 30 minutos e o quali na sexta-feira. A corrida tem largada prevista para 15h30 no sábado. O Bandsports tem os direitos de exibição da NASCAR para o Brasil.

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #184 - Felipe Kieling, da Band, revela como foi substituir Mariana Becker na cobertura da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
NASCAR: Miguel Paludo cai para último na primeira curva e luta até terminar em nono no Circuito das Américas
Artigo anterior

NASCAR: Miguel Paludo cai para último na primeira curva e luta até terminar em nono no Circuito das Américas

Próximo artigo

NASCAR: Paludo é obrigado a abandonar a cinco voltas do fim após chegar ao top 10

NASCAR: Paludo é obrigado a abandonar a cinco voltas do fim após chegar ao top 10