Fórmula 1
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado
Fórmula E
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
39 dias
NASCAR Cup
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado
Stock Car Brasil
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
22 nov
-
24 nov
Evento encerrado
MotoGP
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Após quebrar recorde em Interlagos, Felipe Baptista se diz mais “sossegado” com campeonato

compartilhar
comentários
Após quebrar recorde em Interlagos, Felipe Baptista se diz mais “sossegado” com campeonato
31 de jul de 2019 16:02

Piloto que se tornou o mais jovem da história a vencer uma corrida de Gran Turismo de alo nível falou sobre as expectativas da etapa em Estoril da Porsche no próximo fim de semana

Felipe Baptista cravou seu nome na história do automobilismo ao se tornar o piloto mais jovem da história a vencer uma corrida de GT de alto nível, ao cruzar a linha de chegada em primeiro na etapa de Interlagos d Porsche Carrera Cup 3.8 com 15 anos, 11 meses e 8 dias.

Três etapas depois, o jovem piloto que faz parte da Academia Shell ocupa a vice-liderança da Carrera Cup 3.8, com 106 pontos, 12 a menos que Enzo Elias, que comanda o certame. No próximo fim de semana, a categoria invadirá o autódromo de Estoril, em Portugal, novidade para muitos que competirão.

Leia também:

“Acho que esta etapa será bastante disputada, assim como todas as outras, em um ambiente novo para quase todos os pilotos, então acho que será bem interessante. O Vitor (Baptista) que é meu irmão, já correu nesta pista e ganhou em 2015 pela Euroformula Open, então acho que ele vai poder me ajudar bastante.”

“Vou tentar focar em fazer bons pontos e tentar tirar a diferença para o Enzo Elias. É uma pista com muitos pontos de ultrapassagem. Se eu chegar à frente na primeira corrida e inverter o grid, vai dar para conseguir ir para a frente logo no começo, não vou ficar sendo tão ‘segurado’, como nas outras pistas do Brasil, que são bem apertadas e não têm muitos pontos de ultrapassagem.”

Baptista também falou sobre a sensação pós-recorde quebrado em Interlagos.

“Estou vivendo um momento muito bom na carreira, faz uns dois ou três anos que venho crescendo, espero manter este nível e crescer cada vez mais. Depois do recorde de Interlagos, as coisas ficaram muito mais sossegadas, eu tirei um peso de nervosismo para o resto da temporada.”

Próximo artigo
Porsche: Paludo se prepara para início de jornada dupla em Portugal

Artigo anterior

Porsche: Paludo se prepara para início de jornada dupla em Portugal

Próximo artigo

Porsche: Dirani conta suas impressões do circuito de Estoril

Porsche: Dirani conta suas impressões do circuito de Estoril
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Porsche