Porsche Cup: Ricardo Maurício e Edu Azevedo vencem 500 km de Interlagos

Enzo Elias e Jeff Giassi conquistam título da Carrera e Alan Hellmeister e Nelson Monteiro levam o título na GT3 Cup

Porsche Cup: Ricardo Maurício e Edu Azevedo vencem 500 km de Interlagos
Carregar reprodutor de áudio

Neste sábado aconteceu a grande final da temporada 2021 da Porsche Cup Brasil, com os 500 km de Interlagos, prova que fechou o campeonato de Endurance da categoria.

A vitória ficou com a dupla Ricardo Maurício e Edu Azevedo, com Nelsinho Piquet e Rodrigo Mello na segunda posição. 

Pelo campeonato Endurance da Porsche, Enzo Elias e Jeff Giassi conquistaram o título, após a quarta colocação na corrida. 

Azevedo e Maurício venceram também na Sport, enquanto Giassi e Elias levaram na Trophy.

Na GT3 Cup, o trio Nelson Monteiro, Alan Hellmeister e Antônio Pizzonia foram os melhores, terminando na 11ª colocação. Hellmeister e Monteiro conquistaram o título da GT3 Cup no campeonato Endurance. 

Na corrida da GT3, Lineu Pires, Beto Gresse foram os melhores na classe Sport, enquanto na Trophy, a vitória ficou com Edu Guedes, Caio Collet e Carlos Ambrósio.

A Corrida

Na largada, Enzo Elias permaneceu à frente. Na primeira volta, Miguel Paludo e Gui Salas se tocaram, com ambos se dando mal, tendo que ir aos boxes. Cristian Mohr também se envolveu com toque e teve que abandonar. Na segunda volta, Leo Sanchez também tocou no carro de Caio Castro, que tentou levar o carro para os pits para tentar reparos.

Com carros parados e detritos na pista, o safety car apareceu na quarta volta. O reinício ocorreu na sétima, com voltas mais ‘calmas’.

Mas o safety car reapareceu no giro 12, com o carro de Sergio Jimenez vazando óleo na pista e nada menos do que cinco carros rodando, sendo o pole, Lucas Salles um deles.

Com a interrupção, alguns pilotos resolveram fazer suas primeiras paradas, como no caso do, entrando Jeff Giassi.

A liderança por alguns momentos ficou com o carro #90 de Ricardo Maurício, mas por pouco tempo. A direção de prova divulgou que no momento da troca de Edu Azevedo com Ricardinho eles fizeram a parada abaixo do tempo mínimo permitido. Além deles, o carro #3 de Fran Lara e Gui Salas, além de Galid Osman e Paulo Sousa também foram punidos com um drive through.

Nelson Marcondes e Rubens Barrichello também foram punidos pelo mesmo motivo, mas como o tempo foi menor, eles tiveram que ‘pagar’ seis segundos.

Mesmo assim, o carro #90 permaneceu na liderança, com Ricardinho cedendo o assento a Edu Azevedo na segunda parada. Alceu Feldmann, que faz dupla com Thiago Camilo, herdou a liderança até a 50ª volta.

Neste mesmo giro, Miguel Paludo voltava a ter problemas, com um pneu traseiro direito estourado e o piloto gaúcho levanto o carro #7 lentamente para os boxes.

Em uma série de estratégias diferentes, na metade da corrida, Edu Azevedo voltava à liderança. Na GT3 Cup, Vitor Baptista comandava.

Na volta 61, Caio Castro perdeu o controle de seu carro e atingiu a traseira de Ayman Darwich, que havia acabado de cumprir uma punição por ter saído mais cedo do que o permitido em sua parada.

Na 64, Ricardo Maurício voltava ao carro e imprimia um grande ritmo, no aguardo dos principais concorrentes para a terceira parada da prova.

Na volta 73, Bia Figueiredo atingiu Darwich, com o incidente virando assunto para os comissários. Em seguida, Suzuki recebeu a notícia que teria que pagar seis segundos, por não ter ficado o tempo mínimo nos pits.

Na 88ª volta, Ricardinho voltava aos pits para entregar o carro a Edu Azevedo, para que ele faça as 14 voltas restantes que ele era obrigado. A expectativa era se Thiago Camilo, segundo colocado, conseguisse tirar a diferença sobre o carro #90 antes que ele retornasse ao seu rival da Stock Car.

Mas Camilo recebia grande pressão de Nelsinho Piquet na 93ª volta, com o carro #1 fazendo sua última parada. Ao mesmo tempo, o pneu traseiro esquerdo de Rubens Barrichello estourava, e ele trazia o carro #199 para os pits.

Na 96ª volta, Gui Salas tentava ultrapassar Camilo, mas via seu pneu dianteiro esquerdo se entregar, após toques no carro #1.

Edu Azevedo entregou o carro para Maurício na 103ª volta, o que seria a última parada da dupla. No retorno de Ricardinho, a diferença dele para Piquet era de 15 segundos.

Na volta 110, Cesar Ramos tocou em Camilo, que bateu de frente no muro no início da Junção. Com isso, o safety car foi acionado novamente. O carro #9 de 'Cesinha' e Franco Giaffone foi excluído da corrida.

A relargada aconteceu restando três voltas para o final. Maurício conseguiu escapar, deixando Piquet com Marcio Mauro, que era retardatário.

No final, o carro #90 de Maurício e Azevedo cruzaram em primeiro lugar. Enzo Elias e Jeff Giassi levaram o campeonato Endurance. 

Resultado final

  1. #90. Eduardo Azevedo e Ricardo Mauricio* 3h53:47.314
  2. #29. Rodrigo Mello e Nelson Piquet Jr* +2.650
  3. #11. Pedro Boesel e Sergio Sette Câmara +4.346
  4. #73. Enzo Elias e Jeff Giassi** +11.382
  5. #8. Werner Neugebauer e Fabio Carbone +11.668
  6. #77. Francisco Horta e William Freire** +11.668
  7. #80. Rouman Ziemkiewicz e Gabriel Casagrande* +17.811
  8. #7. Miguel Paludo e Dennis Dirani -1 volta
  9. #85. Eduardo Menossi, Diego Nunes e Renan Pizii** -1 volta
  10. #27. JP e Felipe Fraga -2 voltas
  11. #87. Nelson Monteiro, Alan Hellmeister e Antonio Pizzonia -2 voltas
  12. #888. Lineu Pires, Beto Gresse e Vitor Meira* -2 voltas
  13. #17. Ricardo Fontanari, Matheus Iorio e Marçal Müller -2 voltas
  14. #145. Carlos Renaux, Vitor Baptista e Marcus Peres -2 voltas
  15. #121. João Barbosa e João Gonçalves** -2 voltas
  16. #19. Lucas Salles e Rafael Suzuki -2 voltas
  17. #117. Guilherme Bottura e Gabriel Robe* -2 voltas
  18. #99. Edu Guedes, Caio Collet e Carlos Ambrósio** -3 voltas
  19. #190. Tom Filho e Bruno Xavier* -3 voltas
  20. #45. Paulo Totaro, Marcio Mauro e Ramon Alcaraz** -4 voltas
  21. #88. Georgios Frangulis e Gaetano di Mauro** -4 voltas
  22. #555. Ayman Darwich e Nicolas Costa* -4 voltas
  23. #880. Gustavo Farah e Sebastian Moreno** -4 voltas
  24. #440. Carol Aranha, Bia Figueiredo e Bruna Tomaselli** -5 voltas
  25. #32. Paulo Sousa e Galid Osman* -5 voltas
  26. #18. Marcos Baumgart e Fernando Rosset**-6 voltas
  27. #1. Alceu Feldmann e Thiago Camilo -8 voltas
  28. #5. Sylvio de Barros e Lucas di Grassi** -10 voltas
  29. #12. Edson dos Reis, Sergio Jimenez e Khayam Ghazzaoui** -10 voltas
  30. #23. Marco Pisani, Renan Guerra e Vinicius Valle** -12 voltas
  31. #3. Francisco Lara e Guilherme Salas* -18 voltas

 

Veja como foi

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
Porsche Cup: Christian dá voltas rápidas com Wilsinho Fittipaldi e emociona Interlagos
Artigo anterior

Porsche Cup: Christian dá voltas rápidas com Wilsinho Fittipaldi e emociona Interlagos

Próximo artigo

Porsche Cup: Maurício e Azevedo explicam forte início e "quase milagre” em vitória

Porsche Cup: Maurício e Azevedo explicam forte início e "quase milagre” em vitória
Carregar comentários