Stock Car Buenos Aires

Stock Car: Em Buenos Aires, um circuito conhecido, 'pero no mucho'

Para Andreas Mattheis, tudo será novidade na etapa argentina da Stock Car

Andreas Mattheis

O circo da Stock Car está na Argentina para a nona de doze etapas da temporada 2023. Apesar de a principal categoria brasileira já ter disputado cinco corridas em quatro fins de semana no Autódromo Oscar y Juan Galvez, em Buenos Aires, o último deles em 2017, para o chefe da equipe Ipiranga Racing é como se fosse tudo novidade.

“Depois de seis anos voltamos e vamos correr no circuito 8, enquanto em 2017 usamos o circuito 9, que é bem diferente", diz Andreas Mattheis. "Mas mesmo que estivéssemos correndo na mesma configuração de 2017, não há absolutamente nada em comum".

Leia também:

"O autódromo foi totalmente reasfaltado, foram refeitas as zebras. Para nós é um circuito novo, com um carro totalmente diferente daquele que tinha muito mais downforce, era mais leve que esse e usava pneus Pirelli (hoje os pneus são Hankook)".

"É como se a gente estivesse correndo pela primeira vez aqui. O tempo para os pilotos e as equipes entenderem e se acertarem com a pista é relativamente pequeno, e aí está o desafio, que é ampliado pelo fato de termos outras categorias andando com compostos diferentes dos nossos, o que dificulta as coisas ainda mais. Principalmente quando isso ocorre antes da classificação ou antes da corrida. Vamos ao desafio!”.

Em 2017, Thiago Camilo estava estreando na Ipiranga Racing e disputando o título com Daniel Serra. Na corrida principal, Serrinha fez a pole position, Camilo largou em segundo e Felipe Fraga em terceiro. No resultado final, Fraga venceu, com Camilo em segundo e Serrinha em terceiro. A corrida 2 foi vencida por Rubens Barrichello, e Camilo pontuou em 10º.

“Estamos entrando no terço final do campeonato e é fundamental sair de Buenos Aires com bons resultados para me manter na briga pelo campeonato. Tenho muita confiança em brigar pelo pódio aqui”.

Naquele ano Cesar Ramos estava na Blau Motorsport – ele veio para a Ipiranga em 2020 -, e mesmo largando em 27º pontuou nas duas corridas, chegando em 13º e 9º.

“O cenário hoje é bem diferente para mim. Naquele ano eu estava em uma boa equipe, mas que estava debutando, e agora estou num time super consolidado, que me entrega um carro extremamente competitivo em todas as pistas. 2017 foi uma etapa um pouco tumultuada pela chuva, e mesmo assim eu pontuei nas duas provas, gosto do circuito, acho que se encaixa ao meu estilo de pilotagem. Estou bem otimista para esse fim de semana”.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #250 – Andretti é aprovada pela FIA para F1. E agora?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Stock Car: Massa vai acelerar pela primeira vez em Buenos Aires
Próximo artigo Vencedor da Stock Car na Argentina, Cacá Bueno busca bons resultados em Buenos Aires

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil