Stock Car: Zonta na disputa do título após duplo top 10 em Cascavel

Parananese da equipe Shell-RCM é sexto na corrida 1 e quarto na corrida 2

Ricardo Zonta; Stock Car

Ricardo Zonta; Stock Car

Jose Mario Dias

Ricardo Zonta mais uma vez colocou a Shell na disputa do título de pilotos da Stock Car. O paranaense titular do Toyota Corolla #10 conquistou um duplo top10 na penúltima etapa do campeonato, disputada em Cascavel, e é um dos sete candidatos ao troféu da temporada 2023, cujo dono será definido em Interlagos no dia 17 de dezembro.

Leia também:

O piloto da equipe Shell-RCM foi consistente nas duas baterias deste domingo. Ele largou a primeira corrida em nono lugar e recebeu a bandeirada em sexto. Na corrida 2, partiu em quinto pela inversão do grid e disputou o pódio até a volta final, terminando em quarto.

Com os pontos conquistados no Autódromo Zilmar Beux, Zonta segue em sétimo na classificação. Ele avançou a 237 após a aplicação dos descartes obrigatórios. A Grande Final distribui 56 tentos em São Paulo.

A direção de prova achou por bem determinar a largada sob regime de safety-car, embora não estivesse chovendo no momento do início da corrida 1 e com os carros equipados com pneus Hankook para piso seco.

Após três giros comboiados pelo carro de segurança, a prova foi iniciada na prática. Zonta avançou para oitavo na volta 5 e, na seguinte realizou mais uma ultrapassagem.

A janela de pit-stops obrigatórios foi aberta na volta 8, e o ex-F1 entrou nos pits no giro seguinte, em quinto. Quando o pelotão foi reordenado na volta 18, Zonta aparecia em sétimo.

Ele então acelerou forte até a bandeirada, ultrapassando Rafael Suzuki na volta final para terminar em sexto.

A segunda corrida teve largada normal com os carros emparelhados. Zonta partiu do quinto posto no grid. Em questão de cinco voltas, ele era quarto colocado. Depois entrou nos pits na vice-liderança, na volta 10.

O piloto Shell era quarto com o pelotão reordenado e entrou no pega da corrida com Lucas Foresti, Átila Abreu e Ricardo Mauricio. Com uma formidável manobra, ele passou dois concorrentes na volta 23 e vinha em terceiro.

Mas, a duas voltas do final, Ricardinho deu o troco e Zonta ficou a uma posição do pódio quando a bandeirada foi acionada no encerramento da volta 28.

A Grande Final da Stock Car acontece no dia 17 de dezembro em São Paulo.

“É muito legal correr mais uma vez pelo título com a Shell em Interlagos. Foi uma pena ter perdido o pódio da corrida 2 no finalzinho em disputa com o Ricardinho. Estava tão focado em passar o carro #12, que não vi o #90 vindo com o push aqui na reta do box. Aí o Átila aproveitou e passou de novo. Então acabei perdendo posições, e recuperar tudo de novo, gastando pushes. E no fim esse push adicional que eu gastei foi o que faltou para me defender do Ricardo Mauricio nas últimas voltas.”

Veja DEBATE sobre o GP de Abu Dhabi, que encerrou a F1 2023

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se GP de Las Vegas de fato teve sucesso

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior RETA FINAL: Polêmicas no fim de 2023, Bortoleto na F2 e Drugovich na pista da F1
Próximo artigo Stock Car: Acidente deixa título mais distante para Camilo

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil