Giaffone vence com autoridade em Potenza e briga pelo título da Copa Truck

Raphael Abbate também conquista pódio para a Iveco Usual Racing em sua estreia na categoria

Giaffone vence com autoridade em Potenza e briga pelo título da Copa Truck

A etapa de Potenza mostrou a melhor versão da equipe Iveco Usual Racing na temporada 2021, Felipe Giaffone cravou a pole, fez a melhor volta, venceu a Corrida 1 de ponta a ponta e está na briga pelo campeonato, com a terceira posição.

Raphael Abbate subiu ao pódio logo na estreia, ao conquistar o quinto lugar da segunda prova do dia na classe Super Truck. Já Djalma Pivetta fez uma boa primeira corrida, ganhando posições e terminando em 13º lugar, e na segunda foi tirado da pista faltando duas voltas para o final.

Leia também:

As corridas

Os pilotos da Iveco alinharam para a primeira prova com Giaffone na pole position, Abbate em 12º lugar e Pivetta na 16ª posição. Na largada, Felipe manteve a primeira colocação, mais para trás Raphael e Djalma escaparam da confusão na curva um e ganharam posições.

Abbate saltou para o décimo lugar e Pivetta para décimo terceiro. Na abertura da segunda volta o safety truck foi acionado para a retirada de dois caminhões batidos na primeira curva do autódromo Potenza.

Os pilotos, sob a liderança de Giaffone e o caminhão de segurança deram três voltas passando pelos boxes até a autorização da relargada, que se deu a pouco mais de sete minutos para o término. Felipe saltou na primeira colocação e não deu chances para Beto Monteiro. Abbate vinha em 12º e Pivetta em 14º lugar.

Na sequência, Giaffone fez a melhor volta com o Iveco #4 e abria vantagem sobre o vice-líder. O multicampeão nos caminhões manteve a ponta e recebeu a bandeira quadriculada em primeiro, tendo liderado todas as voltas e vencendo pela segunda vez no ano.

Abbate foi o 10º colocado geral e quarto na Super Truck enquanto Pivetta foi décimo terceiro na Pro e sexto na Super Truck.

Felipe Giaffone em Potenza

Felipe Giaffone em Potenza

Photo by: Rafael Catelan

Na segunda prova, Giaffone largou em oitavo pela regra dos grid invertido entre os oito  melhores da primeira prova, Pivetta e Abbate largaram da mesma posição em que receberam a primeira bandeira quadriculada.

Assim como na aconteceu na primeira corrida vários pilotos se envolveram em acidentes na largada, Felipe foi preciso e manteve a posição escapando dos toques, Djalma caiu para 16º enquanto Raphael foi para 19º lugar após sofrer um toque de um concorrente.

Na terceira volta, Giaffone superou Roberval Andrade e ocupava o sétimo lugar, Pivetta também melhorava seu rendimento e aparecia em 15º, Abbate se mantinha na décima nona colocação.

Nas voltas seguintes, Felipe tentava ganhar posições, mas era bloqueado por Monteiro e Adalberto Jardim, que aproveitavam a pista travada para segurar posição, o piloto do caminhão #4 ainda ganhou a posição de Jaidson Zini, punido por queima de radar.

Na sétima volta, Giaffone colocou por dentro de Monteiro na curva 1 e houve o toque, mas ambos continuaram na prova sem mudança de posição. Pivetta vinha em 14º lugar e Abbate em décimo sexto.

Faltando menos de um minuto para o fim, Djalma foi abalroado por Giuliano Losacco e abandonou a prova.

Djalma Pivetta em Potenza

Djalma Pivetta em Potenza

Photo by: Rafael Catelan

Após dez voltas percorridas em Potenza, Giaffone foi o sétimo enquanto Abbate ficou com a décima terceira colocação na Pro e a quinta na Super Truck, subindo ao logo em sua estreia.

"Eu saio bem animado, este fim de semana foi muito bom com pole position e vitória", disse Giaffone. "Eu tinha um caminhão muito bom, pela primeira vez posso dizer que temos o melhor para este tipo de pista. É muito animador essa crescente no campeonato, vou para a última etapa motivado com essa disputa do título."

Já Pivetta lamentou o incidente que o tirou da segunda corrida: "O fim de semana não foi fácil, acho que tivemos um bom desempenho na corrida 1 e na 2 vinha trazendo o caminhão até fim, quando fui acertado por um concorrente. Agora é focar na etapa de Curitiba e também torcer para o Felipe trazer este título para a equipe."

Abbate mostrou gratidão à equipe pela oportunidade na categoria: "Estou muito feliz com minha estreia na Copa Truck, principalmente por ser em um time tão bom como a Usual. Conseguimos o pódio na Corrida 2 e agradeço à Iveco pela oportunidade. Agora é trabalhar para tentar dar continuidade nesta parceria no futuro."

O próximo compromisso da Iveco Usual Racing está marcado para 5 de dezembro, em Curitiba, pela última etapa do campeonato.

EXCLUSIVO: JU CERASOLI revela detalhes em TRETAS de Hamilton e Verstappen que não são vistos na TV

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #135: Vitória 100 de Hamilton na F1 chega em momento mais pressionado na carreira?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Giaffone domina classificação em Potenza e coloca Iveco na pole da Copa Truck
Artigo anterior

Giaffone domina classificação em Potenza e coloca Iveco na pole da Copa Truck

Carregar comentários