Medeiros sofre acidente e está fora dos Quadriciclos no Dakar 2024

Maranhense caiu no km165 da especial do dia, entre Riad e Al Duwadimi, Na queda, teve uma pancada forte no peito, considerada não grave, passa bem

Marcelo Medeiros

Marcelo Medeiros

Magnus Torquato

Marcelo Medeiros, único brasileiro entre os quadriciclos do 46º Dakar, sofreu acidente neste domingo (14) durante a disputa da sétima etapa da competição. O maranhense  liderava o trecho cronometrado quando caiu com seu Yamaha Raptor #177, no quilômetro 165 do percurso (do total de 483), no meado do trecho de cânions da especial do dia, entre Riad e Al Duwadimi.

Durante a queda, o representante da Tag Racing, teve um trauma no peito, considerada não grave. Foi resgatado pela equipe médica do evento, liberado em seguida. O incidente acabou por eliminar o piloto da sua sexta participação do desafio off road mais relevante do planeta.

Nesta edição, Medeiros vinha performando seu melhor resultado em toda a sua história dentro do Dakar. Das seis etapas que ele completou, com três vitórias e dois terceiros lugares e uma quarta posição. Configurava em terceiro na somatória acumulada na categoria com grandes chances de terminar a competição dentro dos três melhores pilotos.

Dentro do Dakar, Marcelo Medeiros computou no ano passado quatro vitórias consecutivas e concluiu na nona posição entre os quadriciclos. Em 2022, o piloto de São Luís (MA) completou em sexto em estreia na Arábia Saudita.

O competidor da TAG Racing conta com outras três participações, quando a competição aconteceu na América do Sul. Em sua estreia, em 2016, e no ano seguinte o maranhense não finalizou a prova. Em 2018, ficou em quarto lugar entre os quadriciclos. Esta foi a terceira vez que deixa de completar as especiais, nas suas seis participações.

O roteiro da 46ª edição do Dakar terá aproximadamente 8 mil quilômetros, dos quais cerca de 4,7 mil são de trechos cronometrados. Este ano, o percurso do Dakar terá até 60% de trechos inéditos e em quase todas as etapas passam por dunas.

O Dakar 2024 conta pontos para o Mundial de Rally Cross Country (FIA e FIM).

Para acompanhar o Dakar, na TV aberta, a Bandeirantes apresenta reportagens diárias in loco nos programas Jogo Aberto (11 horas) e Esporte Total (meia-noite e meia), além de boletins nos semanais Band Esporte Clube (sábado, 13 horas) e Show do Esporte (domingo, 10 horas). Na TV por assinatura, o canal BandSports apresenta cobertura nas edições do programa Supermotor, com Celso Miranda, nos dias 10, 17 e 24 de janeiro (quartas-feiras), às 20 horas. A ESPN tem programas diários a partir das 20h30, até o dia 19 de janeiro, com apresentação de Thiago Alves e comentários de Edgard Mello Filho e Matheus Pinheiro.

Motorsport Business #9 – ANDRÉ DUEK: Vida de corridas e negócios, e o valor de empreender nas pistas

Podcast #264 – O que Gil de Ferran deixa para o automobilismo?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Morre Carles Falcón, piloto espanhol de moto, após grave acidente no Dakar 2024
Próximo artigo Baumgart e Andreotti sobem mais uma posição no Dakar

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil