Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
MotoGP
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Próximo evento em
2 dias
IndyCar
30 ago
-
01 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
Evento encerrado
NASCAR Cup
18 out
-
20 out
Evento encerrado
R
Martinsville II
25 out
-
27 out
Próximo evento em
2 dias
Stock Car Brasil
18 out
-
20 out
Evento encerrado
R
Velo Città 2
08 nov
-
10 nov
Próximo evento em
16 dias

Aston Martin estuda entrar no DTM em 2020

compartilhar
comentários
Aston Martin estuda entrar no DTM em 2020
Por:
Co-autor: Gary Watkins
Traduzido por: Daniel Betting
17 de jul de 2018 19:26

Fabricante estaria disposta a montar equipe com quatro carros e com Sebastien Buemi e Btrendon Hartley entre seus pilotos

A R-Motorsport, empresa suíça que opera uma equipe da Aston Martin no Blancpain GT series, está avaliando fazer companhia para Audi e BMW no DTM.

Fontes do Paddock sugerem que o projeto poderia vir com o apoio da Red Bull, e que a HWA - que terá capacidade extra depois que a Mercedes deixar o DTM no final desta temporada - construiria os carros.

A equipe seria dirigida pela Arden - do CEO Garry Horner, que é o pai do chefe da equipe Red Bull na Formula 1 Christian Horner, e que tem uma longa história comandando os pilotos juniores da Red Bull em suas operações de monopostos.

O piloto da Fórmula E, apoiado pela Red Bull, Sebastien Buemi e o piloto da Toro Rosso, Brendon Hartley, juntamente com os pilotos de fábrica da R-Motorsport Aston, Nicki Thiim e Maxime Martin, estão ligados ao programa. Martin tem experiência no DTM com a BMW.

Leia também:

Embora os novos regulamentos de quatro cilindros e dois litros turbo do DTM não pareçam se encaixar na filosofia da Aston Martin, especulações sugerem que os carros poderiam ser equipados com o motor Honda usado na Super GT do Japão, que tem regras de motor idênticas às que serão adotadas pelo DTM.

"Somos uma marca de automobilismo que está crescendo rapidamente e certamente estamos analisando categorias diferentes à medida que buscamos novas oportunidades”, disse Florian Kamelger, chefe da equipe R-Motorsport ao Motorsport.com.

"O DTM certamente seria de interesse. Há certamente potencial, mas nada é concreto", completou.

A R-Motorsport vai continuar no Blancpain GT no próximo ano, usando o novo Vantage GT3 com motor V8 que foi revelado nas 24 Horas de Le Mans (foto). A empresa-mãe AF Racing desempenhou um papel na concepção e financiamento do hipercarro Aston Martin Valkyrie.

Entende-se que a continuidade da participação a longo prazo da Audi e da BMW no DTM será muito mais segura se um terceiro fabricante se comprometer com a categoria em 2020.

Outros fabricantes foram recentemente ligados ao DTM, incluindo a Maserati, empresa irmã da Ferrari, e a Lexus, marca da Toyota, que correm no Super GT.

Próximo artigo
Rast consegue primeira vitória da Audi; Farfus é 5º

Artigo anterior

Rast consegue primeira vitória da Audi; Farfus é 5º

Próximo artigo

Di Resta se diz aberto a ficar no DTM mesmo sem Mercedes

Di Resta se diz aberto a ficar no DTM mesmo sem Mercedes
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria DTM
Equipes R-Motorsport
Autor Marcus Simmons