Farfus comenta incidente que o tirou da corrida em Hockenheim

Quarto do grid, brasileiro lutava por top-5 quando porta de seu BMW voou e causou o abandono da prova deste sábado

Augusto Farfus, BMW Team RMG, BMW M4 DTM

Alexander Trienitz

Na primeira corrida do fim de semana de decisão de título do DTM, Augusto Farfus largou de um bom quarto lugar em Hockenheim e logo assumiu a terceira posição. Depois de intensas disputas, porém, na parte final da prova, quando brigava pelo top-5, a porta do carro do piloto da BMW caiu, e ele teve de abandonar a corrida a poucas voltas do fim.

Ainda na primeira parte da prova, o brasileiro disputou posições com o então líder do campeonato Paul di Resta, que havia largado em sexto, e também com Timo Glock e Robin Frinjs.

Leia também:

Na parte final da prova, quando buscava um lugar no top-5, Augusto sofreu um revés ao perder a porta esquerda de seu carro, e foi obrigado a abandonar a corrida.

“A corrida estava indo muito bem para nós. No primeiro stint, não estávamos super rápidos, mas consegui me manter ali, e depois do pit-stop nosso ritmo melhorou, então a gente se encaminhava para um resultado promissor. De repente, perdi a porta do carro, ela voou, sem nenhum contato, o que nos obrigou a abandonar. Foi algo completamente inesperado, mas vamos nos apegar ao forte desempenho para buscar um bom resultado na última corrida do ano”.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Rast vence e leva decisão do DTM para domingo; Farfus abandona
Próximo artigo Paffett fica em terceiro em Hockenheim e é campeão do DTM

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil