Preview: Saiba tudo sobre a etapa virtual da Fórmula E em Nova York

compartilhar
comentários
Preview: Saiba tudo sobre a etapa virtual da Fórmula E em Nova York

Brooklyn Street Circuit, que sediará o ePrix de Nova York, fará sua estreia virtual na Race at Home Challenge

O piloto da Mahindra, Pascal Wehrlein, detém uma vantagem de oito pontos sobre Stoffel Vandoorne no campeonato realizado em parceria com a Motorsport Games para apoiar o combate ao coronavírus, por meio da UNICEF.

Nyck de Vries - o companheiro de equipe de Vandoorne na Mercedes – dá dicas sobre o circuito 2,4 quilômetros e 14 curvas.

Leia também:

Curvas 1, 2 e 3

O circuito de Nova York apresenta várias peculiaridades para os pilotos. A superfície da pista é irregular e os carros precisam percorrer por linhas pintadas em vários lugares, o que significa que os níveis de aderência variam muito.

Além disso, a largada da corrida acontece na reta oposta, entre as curvas 5 e 6.

Em uma volta normal, a primeira curva é apertada para o lado esquerdo, que segue para o ápice duplo das curvas 2 e 3.

Os pilotos mantêm o carro próximo ao lado direito, à medida que se aproximam da zona de frenagem da curva 1 para abrir a curva o máximo possível. Eles precisam ser pacientes para voltar ao acelerador.

Como diz o atual campeão de Fórmula 2, Vries, todos as três curvas devem ser tratadas como uma sequência combinada.

"Toda a primeira parte é bastante técnica e estão conectadas", diz ele. "O que acontece na curva 1 tem uma consequência direta na execução das curvas 2 e 3.”

Curvas 4 e 5:

Uma pequena aceleração leva os carros a outra curva de 90 graus, na curva 4. Logo em seguida, os pilotos ficam no meio do circuito pela curva 5.

De Vries diz: “A curva 4 é uma rápida à direita e é importante aqui obter uma boa saída, o que pode levar a boas oportunidades de ultrapassagem. A curva 5 não é pé embaixo. Você pode ter que tirar um pouco o pé.”

Curva 6:

A reta oposta permanece em grande parte nas sombras, graças aos edifícios que revestem o perímetro do circuito. Há uma longa zona de frenagem à esquerda da curva 6, que apresenta uma grande zebra interna que os pilotos podem usar, embora isso possa desestabilizar o carro, pois eles precisam puxar imediatamente para a direita na curva 7.

“A curva 6 é bastante complicada porque você sai para a esquerda da curva 5 e depois se move para a direita para frear, para que você possa se defender facilmente. Não há como alguém passar por fora para passar.

Curvas 8, 9 e 10:

A curva 8 é quase uma reta, mas que apresenta outra, de 90 graus, que é a 9.

De Vries diz: "A curva 8 é apenas uma reta torta, eu nem chamaria de curva. A 9 é muito acidentada, o que a torna bastante desafiadora. É difícil posicionar o carro para que você possa ter uma boa orientação.”

A pista volta a si mesma antes do hairpin à direita da curva 10, que de Vries considera bastante simples quando se trata de defender posição.

Curas 11, 12, 13 e 14:

A parte final do circuito é muito mais rápida. Existe apenas uma zona de frenagem significativa - na aproximação à direita da curva 11 - e, em seguida, é uma corrida a todo vapor.

"Trato a curva 11 como bastante semelhante à curva 9", disse de Vries. “Então você tem a chicane seguida por uma à esquerda muito rápida, que leva de volta à reta principal.

“Tanto a chicane quanto a última curva são cruciais para se acertar, para que você possa terminar a volta bem. Uma boa saída da chicane ajudará sua velocidade mínima na rápida curva 14.”

A quinta etapa do Race at Home acontece neste sábado, às 11h30, horário de Brasília e será transmitida ao vivo no Motorsport.com.

Nelsinho Piquet revela que pai dorme na garagem junto aos carros: "Ele é muito simples"

PODCAST: Entrevista com Reginaldo Leme: a lenda na cobertura da F1

 

Barrichello e Alonso são confirmados na versão virtual das 24 Horas de Le Mans

Artigo anterior

Barrichello e Alonso são confirmados na versão virtual das 24 Horas de Le Mans

Próximo artigo

Veja como foi a classificatória do Ultimate Drift Games na Vila Capanema

Veja como foi a classificatória do Ultimate Drift Games na Vila Capanema
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E , eSports