Alonso prevê disputa acirrada na F1 em 2021: "Podemos lutar por 6º ou 15º com facilidade"

Espanhol quer evitar fazer previsões sobre o desempenho da Alpine antes da pré-temporada no Bahrein

Alonso prevê disputa acirrada na F1 em 2021: "Podemos lutar por 6º ou 15º com facilidade"

Em um ano de regulamento parcialmente congelado, os fãs da Fórmula 1 esperam ver novamente uma ótima disputa na pista pelo título de "melhor do resto", ou seja, a equipe melhor posicionada nos construtores depois de Mercedes e Red Bull. E para Fernando Alonso, há tantos nomes envolvidos nessa luta que, ao mesmo tempo, ele pode estar lutando por sexto, sétimo ou a 15º posição.

Alonso, que está em recuperação após o acidente sofrido na Suíça na semana passada, volta ao grid da F1 após dois anos fora, e chega em um momento em que pelo menos quatro equipes vêm muito forte nessa luta pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores: Ferrari, McLaren, Alpine e Aston Martin.

Leia também:

Para o espanhol, seu principal objetivo neste ano é lutar para ficar regularmente entre os dez primeiros, mas ele acredita que o pelotão do meio estará mais próximo do que nunca em 2021, enquanto Mercedes e Red Bull ficarão isoladas na frente.

"Acredito que a Mercedes estará na ponta, seguida da Red Bull", disse Alonso em entrevista à revista oficial da F1. "Na sequência, vejo uma luta muito apertada entre algumas equipes, e a Alpine está nesse meio. Será interessante ver quem se adaptará melhor ao novo regulamento".

"Acredito que estaremos nivelados. Podemos lutar pelo sexto ou sétimo lugares, ou pelo 15º com facilidade. Nosso objetivo é ficar entre os dez primeiros. Temos que manter os pés no chão. O regulamento não mudará muito neste ano e o rendimento não será muito diferente do que tivemos no ano passado".

O espanhol pede um pouco de cautela, preferindo esperar a pré-temporada no Bahrein para entender com mais clareza em que pé a equipe estará para este ano.

"Após a pré-temporada podemos ter uma ideia sobre onde estaremos na primeira corrida. Agora mesmo, não penso muito nisso. Já disse anteriormente que o carro de 2020 era mais rápido que eu, e eu precisei me adaptar aos pontos de frenagem e a velocidade nas curvas".

"Essas coisas eram novas para mim, e olha que tenho boa memória. Mas minhas duas últimas provas haviam sido Indianápolis e Dakar. Há muita diferença no modo que você ataca uma curva no deserto, com um 4x4 e como você faz no circuito de Barcelona com um F1".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

MCLAREN 2021: Veja o 1º CARRO REVELADO na Fórmula 1 este ano e detalhes da volta da MERCEDES ao time

PODCAST - F1 na Band e o 'fico' de Hamilton: o que esperar de 2021?

 

compartilhar
comentários
Análise técnica: como a Mercedes domou seu carro "diva" na F1

Artigo anterior

Análise técnica: como a Mercedes domou seu carro "diva" na F1

Próximo artigo

F1: Ricciardo aprova primeiro teste "tranquilo" com McLaren

F1: Ricciardo aprova primeiro teste "tranquilo" com McLaren
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com