Últimas notícias

Apesar de aumentar audiência da Band, F1 vê números despencarem; entenda

Números do GP da Áustria, a abertura do campeonato de 2020, e do último GP do Bahrein são consideravelmente maiores do que prova em Sakhir do fim de semana

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B 2nd, Lewis Hamilton, Mercedes W12 1st and Valtteri Bottas, Mercedes W12 3rd

O Grupo Bandeirantes estreou sua cobertura na Fórmula 1 no fim de semana, envolvendo a Band aberta e o Bandsports, na TV fechada. A média de audiência auferida pelo IBOPE em São Paulo foi de 5 pontos, com pico de 6.2. No Rio de Janeiro, a média foi de 3 pontos e nas demais praças a média foi de 4.

Os números são bem maiores do que os vistos na Band nos últimos fins de semana antes da F1, contando com o futebol internacional durante o Show do Esporte. No domingo anterior, a média para o horário era de apenas um ponto.

Leia também:

Mas, se por um lado o copo pode estar meio cheio, há também o outro que pode evidenciar o copo meio vazio.

No último GP do Bahrein, realizado no final de novembro, os números superam, e muito, os vistos na corrida do fim de semana. Em São Paulo a média havia sido de 9 pontos, no Rio foram 10 e nas outras praças 9.

Em comparação com a abertura do campeonato do ano passado, no GP da Áustria, realizado em 5 de julho, a diferença não é tão grande, com 8 pontos em São Paulo, 7 no Rio de Janeiro e 8 nas demais praças atendidas pelo IBOPE.

Um dado importante é a participação, que é a referência entre os televisores que estão ligados no momento. Neste caso a superioridade ‘Global’ é maior. Enquanto na Band o número foi de 12% em SP, no Rio 6% e nas demais praças 9%, no GP do Bahrein de novembro esse número era de 25% em SP, 26% no RJ e 23% no restante do país.

O patamar não muda muito em comparação à abertura do campeonato anterior, com 25% em São Paulo, 24% no Rio e nas outras praças.

Vale lembrar que a própria F1 considera que os números registrados pela Band serão menores em comparação com os da Globo. O diretor de direitos de mídia da F1, Ian Holmes vê com bons olhos a maneira de como a emissora recebeu a nova atração. Além disso, o representante da categoria admitiu que a intenção da Globo era exibir apenas a metade das corridas ao vivo em 2021.

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

SÉRGIO MAURÍCIO sobre F1 na BAND: "O diferencial será fazer o que a Globo vinha deixando de fazer"

PODCAST: Temporada 2021 marca nova era na cobertura do esporte a motor na TV?

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Tsunoda é apontado como "o melhor novato em anos"
Próximo artigo F1: Mercedes teme derrota para Red Bull em Ímola e Portugal

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil