Balanço de meio de ano da F1: Sauber e a série de tropeços

O Motorsport.com inicia agora uma retrospectiva da primeira fase da temporada de 2017 da F1. Começamos com a Sauber, equipe que viveu problemas dentro e fora da pista.

Balanço de meio de ano da F1: Sauber e a série de tropeços
A Sauber completou a primeira fase da temporada de 2017 na 10ª e última posição entre os construtores.
A Sauber completou a primeira fase da temporada de 2017 na 10ª e última posição entre os construtores.
1/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pascal Wehrlein foi responsável por marcar os cinco pontos do time até agora. Marcus Ericsson ainda não saiu do zero na tabela.
Pascal Wehrlein foi responsável por marcar os cinco pontos do time até agora. Marcus Ericsson ainda não saiu do zero na tabela.
2/12

Foto de: Charles Coates / Motorsport Images

A Sauber já começou a temporada em situação complicada. Com problemas financeiros, o time fechou acordo para competir em 2017 com um motor da Ferrari do ano passado.
A Sauber já começou a temporada em situação complicada. Com problemas financeiros, o time fechou acordo para competir em 2017 com um motor da Ferrari do ano passado.
3/12

Foto de: XPB Images

Para piorar, a equipe enfrentou um outro contratempo. Wehrlein se lesionou em um acidente na Corrida dos Campeões e ficou de fora das duas primeiras corridas do ano.
Para piorar, a equipe enfrentou um outro contratempo. Wehrlein se lesionou em um acidente na Corrida dos Campeões e ficou de fora das duas primeiras corridas do ano.
4/12

Foto de: XPB Images

Seu substituto foi Antonio Giovinazzi, protegido da Ferrari, que conquistou um 12º lugar como melhor resultado.
Seu substituto foi Antonio Giovinazzi, protegido da Ferrari, que conquistou um 12º lugar como melhor resultado.
5/12

Foto de: LAT Images

Com um carro pouco competitivo, a Sauber teve desempenho apagado na primeira metade do ano. O time constantemente era eliminado na primeira fase do Q1 e ocupava as últimas posições do pelotão.
Com um carro pouco competitivo, a Sauber teve desempenho apagado na primeira metade do ano. O time constantemente era eliminado na primeira fase do Q1 e ocupava as últimas posições do pelotão.
6/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Wehrlein teve momentos de altos e baixos. Conseguiu pontuar por duas vezes, na Espanha e no Azerbaijão, mas viveu episódios como o susto de Mônaco, quando foi tocado por Jenson Button.
Wehrlein teve momentos de altos e baixos. Conseguiu pontuar por duas vezes, na Espanha e no Azerbaijão, mas viveu episódios como o susto de Mônaco, quando foi tocado por Jenson Button.
7/12

Foto de: Charles Coates / Motorsport Images

Ericsson, por sua vez, ainda não se encontrou. O sueco vem levando a pior no duelo interno contra Wehrlein e ainda não esteve em posição realista de marcar pontos.
Ericsson, por sua vez, ainda não se encontrou. O sueco vem levando a pior no duelo interno contra Wehrlein e ainda não esteve em posição realista de marcar pontos.
8/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Nos bastidores, a situação também foi complicada para a Sauber. A chefe, Monisha Kaltenborn, se desligou do time após se desentender com o grupo de investimento dono da Sauber.
Nos bastidores, a situação também foi complicada para a Sauber. A chefe, Monisha Kaltenborn, se desligou do time após se desentender com o grupo de investimento dono da Sauber.
9/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Quem assumiu a chefia da equipe foi Frederic Vasseur, antigo dirigente da Renault.
Quem assumiu a chefia da equipe foi Frederic Vasseur, antigo dirigente da Renault.
10/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Além disso, a situação dos motores enfrentou reviravoltas. A Sauber chegou a anunciar acordo com a Honda, mas cancelou a parceria para renovar com a Ferrari.
Além disso, a situação dos motores enfrentou reviravoltas. A Sauber chegou a anunciar acordo com a Honda, mas cancelou a parceria para renovar com a Ferrari.
11/12

Foto de: Charles Coates / Motorsport Images

Assim, o objetivo do time é ter uma segunda metade de temporada consistente para que, em 2018, possa dar um salto de qualidade, já que voltará a utilizar motores Ferrari atualizados.
Assim, o objetivo do time é ter uma segunda metade de temporada consistente para que, em 2018, possa dar um salto de qualidade, já que voltará a utilizar motores Ferrari atualizados.
12/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

compartilhar
comentários
Prost descarta retorno de motores V10 ou V8 à F1
Artigo anterior

Prost descarta retorno de motores V10 ou V8 à F1

Próximo artigo

Raikkonen: resultados de 2017 não refletem minha velocidade

Raikkonen: resultados de 2017 não refletem minha velocidade
Carregar comentários