Fórmula 1
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
6 dias

Bottas vê troca de engenheiro como “página nova” em carreira

compartilhar
comentários
Bottas vê troca de engenheiro como “página nova” em carreira
7 de mar de 2019 13:38

Piloto se anima com novo começo em 2019 e se vê capaz de disputar de igual para igual com Lewis Hamilton

Riccardo Musconi será o novo engenheiro sênior de Valtteri Bottas para a próxima temporada da Fórmula 1, substituindo Tony Ross – que mudou para o programa de Fórmula E da Mercedes depois de dois anos ao lado de Bottas e de ter estado anteriormente ao lado do campeão mundial de 2016 Nico Rosberg.

Tendo passado vários anos trabalhando como engenheiro de corrida na fabricante alemã, inclusive no lado da garagem de Lewis Hamilton, Musconi se uniu a Bottas, que também terá um novo engenheiro de desempenho em 2019.

Leia também:

"Sempre há um pouco de trabalho quando se começa um novo relacionamento entre engenheiros e pilotos e, na verdade, também tenho um novo engenheiro de desempenho. É um novo começo para a temporada", explicou o finlandês.

"Só nos conhecemos melhor no final do ano passado, mas acho que tem sido muito bom. Às vezes as mudanças podem ser boas, começamos em uma página limpa e nova.”

"Todas as reuniões que tivemos em dezembro e janeiro foram sobre o meu desempenho, o que podemos fazer melhor durante os fins de semana de corrida, minhas fraquezas, minhas forças. Tem sido bom trabalhar com duas pessoas novas, e até mesmo nos testes foi agradável.”

"Obviamente, ainda estamos nos conhecendo melhor, e quando chegar a hora de montar o carro com tempo limitado durante os fins de semana de corrida, veremos como podemos fazer isso. Mas, até aí tudo bem."

Bottas, que conseguiu três vitórias em sua primeira temporada na Mercedes, não venceu nenhuma corrida em 2018, se tornando o primeiro piloto da escuderia a passar um ano sem ganhar desde Michael Schumacher em 2012.

"Para mim, obviamente, começamos do zero", acrescentou Bottas. "Eu tive um bom começo no ano passado e, mesmo olhando para trás, havia muitas coisas que eu poderia ter feito melhor”.

"Então, tentarei fazer todos os detalhes e eu tentarei ser a melhor versão de mim mesmo. Já estive à frente de Lewis, então sei que posso fazer isso.”

"É sobre consistência, sobre a abordagem certa para cada fim de semana. Aprendi todas as lições do ano passado. No fim das contas, não é uma ciência de foguetes, é trabalho duro, compromisso e vontade de chegar ao objetivo de uma forma ou de outra."

Próximo artigo
F1 lança nova identidade sonora em parceria com Chemical Brothers

Artigo anterior

F1 lança nova identidade sonora em parceria com Chemical Brothers

Próximo artigo

Ricciardo: Renault tem nova filosofia para melhorar em 2019 na F1

Ricciardo: Renault tem nova filosofia para melhorar em 2019 na F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1