Campeão em 2007, Kimi não se vê favorecido por carros 2017

Após sucesso na última década, piloto da Ferrari minimiza efeito de novo regulamento na Fórmula 1

Campeão em 2007, Kimi não se vê favorecido por carros 2017
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari with his son Robin
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H behind the screens in the pits
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Carregar reprodutor de áudio

Entrando no quarto ano pela equipe Ferrari após seu retorno em 2014, Kimi Raikkonen liderou os testes de inverno. O finlandês quebrou o recorde do Circuito da Catalunha, na Espanha, e surpreendeu a todos com a forma mostrada.

No entanto, o finlandês descartou o fato de o novo regulamento para 2017, com pneus maiores, maior pressão aerodinâmica, fazer o carro se comportar melhor de acordo com seu estilo de pilotagem.

"Eu não acho que seja algo muito diferente do ano passado”, falou.

“Obviamente, temos mais aderência devido às regras e os pneus são um pouco diferentes, mas eu não diria que de repente isso se encaixa melhor para mim ou para alguém. São regras diferentes e carros diferentes. É ainda muito cedo."

Falando sobre os testes, Raikkonen foi cauteloso com o ritmo da Ferrari. “Tentamos muitas coisas e nada foi 100%, mas é por isso que estamos testando e não há muito tempo para mudar as coisas durante o dia.”

"Tivemos uma boa ideia do que queríamos fazer e tivemos uma boa sensação até o final. Obviamente, Melbourne será um circuito completamente diferente, por isso as configurações que encontramos aqui podem não ser perfeitas lá.”

"Nós fizemos um trabalho decente na equipe com o carro novo, mas os regulamentos mudaram muito, então você espera sentir mais aderência por causa das regras. Como eu disse, a sensação é muito boa, mas será que somos rápidos o suficiente? Vamos descobrir.”

compartilhar
comentários
Alonso: pilotos não precisam guiar feito crianças em nova F1
Artigo anterior

Alonso: pilotos não precisam guiar feito crianças em nova F1

Próximo artigo

McLaren: Alonso terá futuro onde tiver carro competitivo

McLaren: Alonso terá futuro onde tiver carro competitivo