Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
60 dias
06 mai
Próximo evento em
102 dias
20 mai
Próximo evento em
116 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
130 dias
10 jun
Próximo evento em
137 dias
24 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
172 dias
29 jul
Próximo evento em
186 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
214 dias
02 set
Próximo evento em
221 dias
09 set
Próximo evento em
228 dias
23 set
Próximo evento em
242 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
249 dias
07 out
Próximo evento em
256 dias
21 out
Próximo evento em
270 dias
28 out
Próximo evento em
277 dias
05 nov
Próximo evento em
285 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
298 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
313 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
322 dias

Chefe da Ferrari confia em evolução do motor: “Desempenho e confiabilidade são positivos”

compartilhar
comentários
Chefe da Ferrari confia em evolução do motor: “Desempenho e confiabilidade são positivos”
Por:

Mattia Binotto também afirmou que precisam “ser eficazes e criativos no planejamento dos testes do motor” para 2021 e 2022

Mattia Binotto, chefe da Ferrari na Fórmula 1, acredita no desenvolvimento do motor para os próximos anos do time na categoria. Agora com uma unidade de potência que tem mostrado mais desempenho nesta reta final de temporada, a equipe conquistou um terceiro e um quarto lugares no GP da Turquia, realizado no último final de semana em Istambul.

Binotto afirma que o congelamento do desenvolvimento em 2020 afetou a escuderia de Maranello e que os trabalhos com o novo motor já começaram.

Leia também:

"No próximo ano, teremos um novo motor. Este ano não temos o melhor propulsor e o congelamento do desenvolvimento devido à Covid-19 também nos afetou", disse Binotto, que não esteve com a equipe no GP da Turquia para continuar desenvolvendo o carro para 2021 e 2022 em Maranello.

“Investimos muito no desenvolvimento do motor para 2021 e 2022. Neste momento, está no dinamômetro e nos dados, tanto o desempenho quanto a confiabilidade são positivos”, completou.

Segunda colocada no Mundial de Construtores no ano passado, a Ferrari passou por uma abrupta queda de desempenho e hoje está apenas na sexta posição na classificação entre as equipes. Foram apenas três pódios no ano, dois com Charles Leclerc e um com Sebastian Vettel – este último em Istambul, após um erro de Leclerc nas últimas curvas.

De olho nas mudanças no regulamento para o ano que vem, onde apenas uma configuração de motor será permitida ao longo de toda a temporada, Binotto acredita que os testes precisam ser eficazes.

“Porque a partir de 2021, as limitações no tempo que podemos usar o dinamômetro entram em vigor, então temos que ser eficazes e criativos no planejamento dos testes do motor", afirmou.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Entenda como Racing Point deixou de ser apenas a ‘Mercedes rosa'

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

 

Briatore: "Os novos pilotos nem são conhecidos; Alonso é a novidade"

Artigo anterior

Briatore: "Os novos pilotos nem são conhecidos; Alonso é a novidade"

Próximo artigo

F1: Pérez se vê no auge da carreira e diz que futuro não está em suas mãos

F1: Pérez se vê no auge da carreira e diz que futuro não está em suas mãos
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com