Conteúdo especial
Fórmula 1 GP do Canadá

Confira a duração dos contratos de cada corrida no calendário da F1

De 2024 a 2036, os circuitos têm contratos diversos; confira

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

O calendário da Fórmula 1 está ficando cada vez mais longo e o questionamento fica: quando os contratos expiram e quais GPs serão adicionados? O Motorsport.com listou! 

Abaixo está uma visão geral de todos os GPs do calendário em 2023 e a duração de seus contratos. Em comparação com a temporada de 2022, a França desapareceu da categoria. Os icônicos circuitos de Spa-Francorchamps e Mônaco sofreram muita pressão nos últimos anos, mas estão de volta ao calendário da F1 para 2024. 

Leia também:

Contrato do GP da Holanda

O GP da Holanda no Circuito de Zandvoort fará parte do calendário da Fórmula 1 pelo menos até o final de 2025. Os organizadores assinaram inicialmente um contrato de três anos, com opção de prorrogação por mais duas temporadas. Em dezembro de 2022, foi anunciado que o contrato havia sido de fato prorrogado. 

GP da Áustria - Red Bull Ring: 2030

A duração do contrato do GP da Áustria era desconhecida há muito tempo, mas os organizadores da corrida fecharam um novo acordo com a Fórmula 1. O Red Bull Ring estará no calendário até pelo menos o final de 2030. Todos os anos, o GP é muito visitado pelos fãs holandeses, em particular. 

 

GP da Bélgica - Spa-Francorchamps: 2025

O contrato para o GP da Bélgica no icônico circuito de Spa expirou após a edição de 2022. A corrida estava sob grande pressão e seu futuro ainda é incerto. Ao contrário de muitas outras etapas, a organização da Fórmula 1 se recusou a assinar um acordo de longo prazo com o circuito. No entanto, agora está claro que o GP da Bélgica permanecerá no calendário em 2024 e 2025.

GP do Japão - Suzuka: 2024

O circuito de Suzuka está no calendário da Fórmula 1 desde 1987, com uma pausa de dois anos em 2007 e 2008. No ano passado, a corrida estendeu seu contrato por três temporadas, até o final de 2024. Dada a importância do mercado japonês e a pista desafiadora, o GP parece seguro por enquanto.

GP da Itália - Monza: 2025

O GP da Itália no Autodromo Nazionale di Monza estará no calendário da Fórmula 1 até o final de 2025. O complexo investiu muito em suas instalações nos últimos anos e será reformado ainda mais nos próximos. Logicamente, a corrida é muito importante para a Ferrari.

GP da Inglaterra - Silverstone: 2024

A corrida em Silverstone está programada para acontecer pelo menos até o final de 2024. O novo acordo foi assinado em 2019 após longas negociações sobre os termos financeiros. Silverstone tem um grande valor histórico para a Fórmula 1: de fato, o circuito foi o cenário da primeira corrida da categoria que contou para o campeonato mundial, em 13 de maio de 1950.

GP do México - Autódromo Hermanos Rodriguez: 2025

A Fórmula 1 anunciou pouco antes do fim de semana da corrida mexicana de 2022 que a F1 correrá na Cidade do México pelo menos até 2025. A prova tinha um contrato até o final de 2022, mas como a edição de 2020 não pôde ser realizada devido ao coronavírus, um ano foi acrescentado. Isso agora foi estendido até 2025.

GP de Mônaco - Monte Carlo: 2025

O futuro da corrida de Fórmula 1 mais icônica de todas também foi incerto por um longo tempo. Após meses de negociações, um novo contrato de três anos foi finalmente acordado. Esse tempo é suficiente para novas conversas sobre os detalhes de um acordo de longo prazo no próximo período. 

GP do Brasil - Interlagos: 2025

O contrato da Fórmula 1 com o circuito de Interlagos, em São Paulo, vai até 2025. A extensão foi conquistada no final de 2020. Há muito tempo havia rumores de que o esporte se mudaria para um novo circuito no Rio de Janeiro, mas esse projeto foi adiado. 

 

GP da Emilia-Romagna - Imola: 2025

O Autódromo Enzo e Dino Ferrari em Imola está no calendário da Fórmula 1 até pelo menos 2025. O circuito italiano voltou ao programa durante a crise do corona, forçando um contrato de vários anos. 

GP do Azerbaijão - Baku: 2026

O circuito de rua de Baku estendeu seu contrato até 2026. Inicialmente, o contrato deveria expirar em 2023, mas a pandemia do coronavírus impediu a realização da etapa em 2020. 

GP dos Estados Unidos - Circuito das Américas: 2026

A Fórmula 1 ainda correrá no Circuito das Américas em Austin pelo menos até o final de 2026. O acordo foi prorrogado no início de 2022. O esporte se tornou extremamente popular nos últimos anos, principalmente devido à série de sucesso da Netflix, Drive to Survive.

GP da Espanha - Circuito de Barcelona-Catalunha: 2026

No final de 2021, a Fórmula 1 prorrogou seu contrato com Barcelona por cinco anos, até o final de 2026. A corrida na metrópole estava sob pressão há muito tempo devido às instalações ultrapassadas e à falta de financiamento. Na crise do coronavírus, ambas as partes se encontraram, resultando em uma extensão do acordo. 

GP de Singapura - Circuito de Rua Marina Bay: 2028

A Fórmula 1 ainda correrá no circuito de rua de Singapura por alguns anos. A corrida noturna está programada para acontecer até 2028. Um novo contrato de sete anos foi assinado no início de 2022. A corrida não estava no calendário em 2020 e 2021 devido à crise do coronavírus.

GP de Abu Dhabi - Circuito Yas Marina: 2030

Em dezembro de 2021, a Fórmula 1 anunciou um acordo plurianual com Abu Dhabi. O país sediará o esporte pelo menos até o final de 2030 no Circuito Yas Marina, a pista onde Max Verstappen garantiu seu primeiro título mundial de F1 em uma final de tirar o fôlego em 2021. Espera-se que o circuito também seja autorizado a sediar o final da temporada nos próximos anos.

GP da Arábia Saudita - Circuito Jeddah Cornice: 2030

A corrida de Fórmula 1 na Arábia Saudita estará no calendário pelo menos até o final de 2030. O país assinou um acordo de 10 anos com o esporte. Nos primeiros anos, a corrida será realizada no circuito de rua de Jeddah e, depois, em um novo complexo em Qaddiya. Inicialmente, eles só queriam correr em Jeddah em 2021 e 2022, mas esse acordo foi estendido até pelo menos 2027 em janeiro de 2023.

 

GP do Canadá - Circuito Gilles Villeneuve: 2031

O circuito em Montreal permanece no calendário da Fórmula 1 até 2031. Um contrato de vários anos foi assinado em março de 2017, que iria até o final de 2029. No entanto, o esporte não pôde viajar para o Canadá em 2020 e 2021 devido à crise do corona. Esses anos foram adicionados ao contrato existente, que agora vai até 2031.

GP de Miami - Autódromo Internacional de Miami: 2031

A Fórmula 1 viajou para Miami pela primeira vez em 2022. Apesar da incerteza sobre o espetáculo, a venda de ingressos e a qualidade do circuito fizeram com que um contrato de 10 anos fosse assinado antes mesmo da primeira corrida. Isso significa que a corrida de Miami estará definitivamente na categoria até 2031.

GP da Hungria - Hungaroring: 2032

A corrida húngara de Fórmula 1 é realizada no Hungaroring desde 1986. O contrato atual vai até o final de 2032. O contrato anterior ia até 2027, mas foi anunciado durante a edição de 2023 que a parceria seria estendida por mais cinco anos. 

GP da Austrália - Albert Park: 2035

A Fórmula 1 tem visitado Melbourne todos os anos desde 1996, com exceção dos anos 'tomados' pelo corona em 2020 e 2021. Apesar de um contrato em andamento até o final de 2025, um novo acordo foi negociado. Ele foi anunciado em junho de 2022, com uma extensão até, no mínimo, 2035. Durante esse período, o GP da Austrália estará no calendário pelo menos cinco vezes como abertura da temporada.

GP do Bahrein - Circuito Internacional do Bahrein: 2036

A corrida com o contrato de Fórmula 1 mais antigo é o GP do Bahrein. Essa corrida está no calendário até pelo menos 2036. O acordo foi anunciado em fevereiro de 2022. Nunca antes na história do esporte foi assinado um contrato com essa duração. 

GP da China - Circuito Internacional de Xangai: 2025

Embora a Fórmula 1 não tenha corrido na China desde 2019 devido à crise do coronavírus, o esporte está planejando firmemente retornar a Xangai. Em novembro de 2021, o contrato foi prorrogado até 2025. Em 2023, a corrida também não foi realizada, mas existe o planejamento para seu retorno em 2024.

GP de Las Vegas - Las Vegas: 2025

A Fórmula 1 deseja uma corrida em Las Vegas há anos e, em novembro de 2023, ela finalmente acontecerá. A corrida será realizada em um novo circuito de rua, que levará os pilotos pela The Strip, entre outros lugares. Outro detalhe especial: a corrida acontecerá já no sábado à noite, em horário nobre. O acordo tem duração inicial de três anos.

 

GP do Catar - Losail: 2032

O Qatar apareceu no calendário pela primeira vez em 2021, substituindo o GP da Austrália, que foi cancelado. Mesmo antes de um metro ter sido percorrido, um contrato de pelo menos 10 anos foi acordado. Nos primeiros anos, ele será realizado no circuito de Losail, mas um novo complexo está sendo construído.

GP Contrato até o final
Japão 2024
Inglaterra 2024
Itália 2025
Holanda 2025
Bélgica 2025
México 2025
Mônaco 2025
Brasil 2025
Emilia Romagna 2025
China 2025
Las Vegas 2025
Azerbaijão 2026
Estados Unidos 2026
Espanha 2026
Singapura 2028
Abu Dhabi 2030
Arábia Saudita 2030
Áustria 2030
Canadá 2031
Miami 2031
Catar 2032
Hungria 2032
Austrália 2035
Bahrein 2036

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: FIA formaliza advertência a Stroll por atos no GP do Catar; canadense se desculpa
Próximo artigo F1: Com Norris e Piastri, McLaren tem a melhor dupla entre rivais da Red Bull, diz Verstappen

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil