Dança das cadeiras da F1: confira quais equipes ainda têm vagas para 2021

compartilhar
comentários
Dança das cadeiras da F1: confira quais equipes ainda têm vagas para 2021
Por:

Cinco times da F1 ainda não definiram sua formação para a próxima temporada

Oficialmente, ainda faltam nove vagas a serem atribuídas para a temporada de 2021 da Fórmula 1. O mercado avança lentamente devido ao atraso no início da temporada atual e, com pouco menos da metade das vagas a serem definidas, há muitas negociações no paddock, que envolvem seis equipes.

Em alguns casos, as decisões já foram tomadas e os detalhes contratuais estão sendo elaborados, mas em outros as avaliações ainda estão em andamento. Vamos ver, equipe por equipe, como está a situação na véspera do final de semana em Mugello.

Leia também:

Mercedes espera renovar com Hamilton

É um dos dois casos que em teoria já deviam estar resolvidos, mas não tem sido o caso, já que há vários aspectos a analisar.

A primeira é que o campeão mundial ainda não anunciou seu futuro, estando intimamente ligado à permanência de Toto Wolff (outro caso ainda em aberto) e sua continuidade na escuderia.

A renovação deve ser feita, mas a questão continua sendo a duração do contrato. Dois anos ou mais que isso? No primeiro caso, poderia ser o prelúdio da última temporada de Lewis na Fórmula 1, enquanto no segundo chegaria a confirmação de um projeto que levaria a dupla Hamilton-Mercedes ao início do novo ciclo técnico, com o objetivo de repetir os sucessos da era híbrida.

Red Bull e AlphaTauri: Gasly e Albon vão trocar de lugar novamente em 2021?

Três das nove vagas ainda livres correspondem ao mundo da Red Bull e referem-se às decisões que serão tomadas sobre o futuro de Alexander Albon, Pierre Gasly e Daniil Kvyat.

A troca de lugar entre Gasly e Albon (na direção oposta ao verão passado) parece a solução mais provável, e há quem argumente que isso possa acontecer ainda antes do final desta temporada.

A situação de Kvyat é diferente e ele pode ser sacrificado se Yuki Tsunoda conseguir os pontos necessários para a superlicença de F1. O piloto japonês precisa terminar a temporada na Fórmula 2 entre os cinco primeiros para atingir a cota de 40 pontos, requisito obrigatório da FIA. Atualmente é o quarto.

Se o ritmo visto na primeira metade da temporada não se confirmar, não é possível descartar que ele possa disputar uma segunda temporada na Fórmula 2 e, nesse caso, Kvyat garantiria a possibilidade de estar no início da temporada 2021.

Vettel por Pérez na Racing Point: o mistério acabou

Junto com a situação de Hamilton, a espera pelo anúncio do contrato entre a Racing Point e Sebastian Vettel era o mais esperado entre os fãs e jornalistas.

O anúncio veio na manhã desta quinta-feira, antes do GP da Toscana em Mugello, poucas horas depois de Pérez anunciar na quarta-feira que deixaria a Racing Point no final do ano. Portanto, o tetracampeão mundial fará parceria com Lance Stroll em 2021.

Haas/Alfa Romeo: um afeta o outro para a F1 em 2021

O mercado para as duas equipes está intimamente ligado. No caso da Alfa Romeo, espera-se a decisão de Kimi Raikkonen, que deve ocorrer entre as corridas de Mugello e Sochi. Se o 'Homem de Gelo' decidir estar no grid em 2021, ele receberá o primeiro carro. Caso contrário, eles terão que pensar em um substituto.

A primeira opção seria Sergio Pérez, já que Nico Hulkenberg é fortemente orientado para a Haas. Mesmo que a equipe americana não seja indiferente à presença de Pérez no mercado, mas por enquanto o mexicano afirma não ter um plano 'B'.

A Haas ainda não falou com Kevin Magnussen, que não tem outras opções no momento. Para o dinamarquês, o resultado da negociação (se houver) está longe de ser óbvio, pois após tantos anos de estabilidade, a Haas também pode disputar a próxima temporada com dois novos pilotos.

De fato, existe certa abertura para a possibilidade de ter um jovem, opção que no passado sempre esteve descartada. E assim o mercado Haas volta a cruzar-se com o da Alfa Romeo, cujo segundo automóvel costuma ser destinado a um piloto júnior da Ferrari.

Mick Schumacher procura espaço na Fórmula 1 para 2021?

Por enquanto, os três primeiros colocados da Fórmula 2 pertencem à Academia de Pilotos da Ferrari e mais de um assento pode ser necessário no final da temporada. Antonio Giovinazzi também se encaixa nessa estrutura e, no momento, pode esperar várias opções.

O italiano pode ficar na Alfa se Kimi decidir se aposentar da F1, mas também pode ter uma vaga na Haas.

Se Kimi optar por deixar a categoria e Giovinazzi permanecer na Alfa Romeo, ele poderá ser acompanhado por um piloto da escada de desenvolvimento da Ferrari.

Mick Schumacher parece ser o piloto mais forte para esta opção. Se o alemão conquistar o campeonato da Fórmula 2, as coisas ficarão mais simples para a Ferrari, que saberá claramente a quem empurrar para sua estreia na Fórmula 1; caso contrário, a situação pode complicar-se um pouco devido ao excesso de candidatos.

TABELA: O mercado de pilotos da F1 para a temporada 2021

Equipe Motor Pilotos confirmados Nomes possívels
Mercedes Mercedes

FinlandValtteri Bottas (- 2021)

United Kingdom Lewis Hamilton (-)

Ferrari Ferrari

Monaco Charles Leclerc (- 2024)
Spain Carlos Sainz (2021 - 2022)

 

Red Bull Racing Honda

Netherlands Max Verstappen (- 2023)

 

Thailand Alexander Albon (-)
France Pierre Gasly

McLaren Mercedes (em 2021)

Australia Daniel Ricciardo (2021 - ?)

United Kingdom Lando Norris (- 2022)

 

Renault Renault

France Esteban Ocon (- 2021+)
Spain Fernando Alonso (2021 - 2022)

 

Aston Martin Mercedes

Canada Lance Stroll (- 2021)

Germany Sebastian Vettel (2021 - ?)

 

AlphaTauri (antiga Toro Rosso)

Honda

 

France Pierre Gasly (-)
Thailand Alexander Albon

Japan Yuki Tsunoda

Russian Federation Daniil Kvyat (-)

Alfa Romeo Ferrari

 

Finland Kimi Räikkönen (-)

Italy Antonio Giovinazzi (-)
Russian Federation Robert Shwartzman
United Kingdom Callum Ilott

Germany Mick Schumacher

Germany Nico Hulkenberg
Mexico Sergio Pérez

Haas

Ferrari

 

France Romain Grosjean (-)

Denmark Kevin Magnussen (-)

Russian Federation Robert Shwartzman
United Kingdom Callum Ilott

Germany Mick Schumacher

Mexico Sergio Pérez

Williams Mercedes

United Kingdom George Russell (- 2021)

Canada Nicholas Latifi (- 2021)

 

F1: Saiba quem é o novo chefe da Williams após saída de Claire e veja quem comanda os outros times

PODCAST: Vitória de Gasly prova que F1 é ambiente 'onde os fracos não têm vez'?

 

DIRETO DO PADDOCK: Vettel confirmado na Aston, Pérez ‘chutado’ e McLaren ‘à venda’ com a participação de Enrique Bernoldi

Artigo anterior

DIRETO DO PADDOCK: Vettel confirmado na Aston, Pérez ‘chutado’ e McLaren ‘à venda’ com a participação de Enrique Bernoldi

Próximo artigo

F1: Saiba quem é a “loira americana” que poderia ter salvado corrida de Mercedes em Monza

F1: Saiba quem é a “loira americana” que poderia ter salvado corrida de Mercedes em Monza
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Roberto Chinchero