F1 - Alpine adverte Ocon sobre futuras disputas com Gasly: "Precisa tomar melhores decisões"

Chefe da equipe de Enstone espera que Esteban saiba dosar agressividade diante do companheiro de time

Esteban Ocon, Alpine A522, Fernando Alonso, Alpine A522

A relação de Otmar Szafnauer e Esteban Ocon é de longa data, o chefe de equipe trabalhou ao lado do francês na Force India e Racing Point durante as temporadas de 2017 e 2018 da Fórmula 1 quando o piloto se envolveu em vários acidentes polêmicos com Sergio Pérez. No último ano, Otmar esteve à frente da Alpine e viu Ocon viver momentos de tensos com seu companheiro de equipe Fernando Alonso, principalmente em Interlagos, onde a tensão atingiu níveis muito altos.

Leia também:

Com esse histórico, o diretor romeno espera que Ocon tenha aprendido com as lições do passado e está confiante de que essas polêmicas não se repetirão com seu novo parceiro, o também francês Pierre Gasly, personagem no qual Esteban já teve seus altos e baixos no passado.

"Você provavelmente precisa tomar melhores decisões quando seu companheiro de equipe está ao seu lado, porque você não ganha uma corrida na primeira volta", explicou o chefe da Alpine. "E se você for agressivo contra um adversário e ambos forem eliminados, ambos perderão. Se você for agressivo contra seu companheiro de equipe e ambos forem eliminados, adivinhe quem perde? O time. Então, sim, trata-se de tomar melhores decisões."

Questionado se a mensagem de que a equipe está acima de tudo chegou a Ocon, Szafnauer disse: "Chegou. E se precisarmos lembrá-lo disso, ficarei feliz em lembrá-lo".

Fernando Alonso, Alpine A522, Esteban Ocon, Alpine A522

Fernando Alonso, Alpine A522, Esteban Ocon, Alpine A522

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Depois de encontrá-lo novamente na temporada passada, após três anos em que seus caminhos se separaram, Szafnauer reconheceu que o francês melhorou como piloto em geral. Como exemplo, deu a vitória de Esteban Ocon no GP da Hungria de 2021, após aguentar intensa pressão de Sebastian Vettel ao longo da corrida, bem como a quarta colocação no GP do Japão de 2022, onde seu rival foi nada mais e nada menos do que Lewis Hamilton.

"Ele está definitivamente mais maduro", disse o diretor dos franceses. "Ele tem um entendimento melhor. Acho que o que realmente gosto em Esteban é que sob pressão ele não costuma cometer erros. Eu vi quando ele venceu Vettel, eu estava lá, tínhamos um carro mais rápido e ele não cometeu erros."

"Acho que foi ainda mais impressionante para mim o que ele fez no molhado, em Suzuka, não é uma pista fácil, com Lewis atrás, em um carro mais rápido que o seu e ele terminou a frente. Isso para mim é impressionante. Amadureceu, melhorou desse ponto de vista e é rápido. Ele pode melhorar mais? Sim, vamos trabalhar para melhorá-lo em algumas áreas", concluiu Otmar Szafnauer.

Sainz propõe novo tipo de punição na F1

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #211 - O que esperar da F1 em 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: A postura de Vasseur quanto a demissões e novo diretor na Ferrari
Próximo artigo F1: Arábia Saudita quer levar fábricas da McLaren e Aston Martin para o Oriente Médio

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil