F1: Audi prepara plano de aquisição da Sauber que levará à saída da Alfa Romeo, diz jornalista

Aquisição aconteceria em fases entre 2023 e 2025, mas equipe passaria a ser chamada de Audi apenas em 2026

F1: Audi prepara plano de aquisição da Sauber que levará à saída da Alfa Romeo, diz jornalista
Carregar reprodutor de áudio

A entrada da Audi na Fórmula 1 parece se encaminhar. Segundo informações publicada pelo jornalista Joe Saward, a aquisição da Sauber pela montadora alemã parece avançar, com um plano de entrada em fases até 2026, quando entrará em vigor o novo regulamento de motores da categoria. Com isso, a parceria do time suíço com a Alfa Romeo também deve chegar ao fim.

O Grupo Volkswagen deve entrar na nova era da F1 com tudo, com a Porsche já bem encaminhado em uma parceria com a Red Bull, enquanto a Audi planeja entrar com uma equipe própria. E após as notícias da imprensa suíça sobre a possível aquisição da Sauber, esse processo parece ter ganhado um novo capítulo. 

Leia também:

Os pilares de sustentabilidade, motores hipereficientes e combustíveis sintéticos são os principais atrativos para a gigante alemã.

Um dos motivos para a Sauber ter chamado a atenção da Audi é o sucesso que o time de Hinwil teve em seus anos com a BMW na F1, durante a década de 2000. E em seu último post, Saward já falou de especificidades deste acordo, com a Audi apresentando um plano sério de aquisição.

Segundo o jornalista, a Audi deve adquirir 75% da Sauber, enquanto os outros 25% seguiriam nas mãos de Finn Rausin. O valor estimado da Sauber é de 600 milhões de dólares (R$3,2 bi), ou seja, para a aquisição, a montadora terá que desembolsar 450 milhões (R$2,4 bi).

Esse processo ocorreria ao longo de três anos: 2023, 2024 e 2025, com a Sauber repassando 25% da marca para a Audi a cada 12 meses. Saward disse ainda que o nome da equipe passaria a ser Audi apenas em 2026, devido à parceria do time suíço com a Ferrari para fornecimento de motores até 2025.

Com isso, a aventura da Alfa Romeo na F1 pode chegar ao fim sem grandes resultados, embora ainda não haja informações sobre a continuidade da parceria. Em abril, enquanto a F1 visitava Ímola, o CEO da Stellantis, Carlos Tavares, anunciou que a decisão sobre o futuro desse acordo seria anunciado em julho.

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #185 - Ainda há quem resista ao halo após mais duas vidas salvas?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Verstappen ironiza indireta de Hamilton em Silverstone: "Rude"
Artigo anterior

F1: Verstappen ironiza indireta de Hamilton em Silverstone: "Rude"

Próximo artigo

Chefe da Alfa Romeo elogia Roberto Faria mas alerta: “tem que vencer”

Chefe da Alfa Romeo elogia Roberto Faria mas alerta: “tem que vencer”