Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
24 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
31 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
45 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
108 dias

F1: Bottas desafia notificação da FIA por quebra de isolamento e viaja novamente a Mônaco antes do GP da Hungria

compartilhar
comentários
F1: Bottas desafia notificação da FIA por quebra de isolamento e viaja novamente a Mônaco antes do GP da Hungria
14 de jul de 2020 13:35

Piloto e equipe foram notificados pela FIA na semana passada, mas o finlandês voltou a quebrar o isolamento

Entre os GPs da Áustria e da Estíria de Fórmula 1, Valtteri Bottas e Charles Leclerc quebraram o isolamento estabelecido pela FIA, voltando para Mônaco nos dias de folga. Com isso, as equipes foram notificadas pela infração. Mas o aviso da Federação não fez nenhuma diferença para o finlandês, que voltou novamente ao principado antes do GP da Hungria.

Após a notícia circular, a FIA anunciou que enviaria uma advertência para a Mercedes e a Ferrari, mas não chegou a afirmar que, caso a história se repetisse, tomaria medidas mais drásticas.

Leia também:

Após o final do GP, em entrevista a jornalistas, Bottas já havia afirmado que seu plano para a semana era voltar novamente à Mônaco, e defendeu que, mesmo com a viagem, ele mantém sua bolha, porque está sempre com as mesmas pessoas.

"Acho que não há razão para esconder: vou voltar pra casa novamente assim como na semana passada, obviamente ficando apenas com as pessoas que eu julgo necessárias, que são as pessoas que já estão comigo aqui: minha namorada e meu treinador. Esse é o plano", disse Bottas.

"Sinto que é algo bom para mim desligar por um ou dois dias e depois reiniciar as reuniões, virtuais, que são muito populares atualmente com os engenheiros".

As bolhas sociais são uma das principais ferramentas criadas pela FIA visando limitar as chances do vírus se espalhar pelo paddock. A Federação criou inclusive um delegado específico para lidar com assuntos relacionados à Covid-19, que escreveu a notificação às equipes de Bottas e Leclerc após a 'escorregada' da semana passada.

Bottas já havia se defendido antes do GP da Estíria sobre sua primeira viagem, feita antes da segunda etapa da temporada.

"Obviamente, fui ver se era permitido voltar, e sim, era", disse ele. "É claro que não faz diferença, se eu ficar com as mesmas pessoas na mesma bolha, aqui ou em Mônaco. Então, decidi voltar para casa, pois estamos na Europa e viajamos, não houve nenhum estresse extra na viagem.”

"Eu queria passar esses três dias inteiros em casa. Achei muito bom, me sentindo muito recarregado. Então, acho que foi uma boa decisão do nosso lado, e entendo o que fazer, o que funciona para mim, o que eu quero fazer entre as corridas e do ponto de vista da segurança, não há diferença alguma. Ainda são as mesmas pessoas com as quais eu estaria lidando aqui."

Enquanto Bottas vai para Mônaco passar alguns dias antes de voltar a se juntar à F1 na Hungria, boa parte da categoria passa por uma situação difícil no país. Na sexta, o governo húngaro anunciou novas restrições para pessoas com passaporte de fora da União Europeia.

Com isso, os cidadãos do Reino Unido, que compõem a maior parte da F1, terão que se submeter a fortes restrições. Entre elas, a possibilidade de circular apenas no autódromo e no hotel, sem poder ir para qualquer outro lugar. Quem quebrar essa norma pode ser multado ou até preso.

Até o momento, entre todos os testes feitos pela FIA nos presentes nas corridas, não houve nenhum resultado positivo.

Polêmica: Protesto da Renault sobre carros da Racing Point envolve Mercedes; entenda

PODCAST Motorsport.com recebe Felipe Drugovich e fala da abertura da F1 2020

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

F1: Red Bull espera performance mais próxima da Mercedes na Hungria

Artigo anterior

F1: Red Bull espera performance mais próxima da Mercedes na Hungria

Próximo artigo

Análise técnica: as atualizações de Ferrari, Red Bull, McLaren e Williams apresentadas no GP da Estíria de F1

Análise técnica: as atualizações de Ferrari, Red Bull, McLaren e Williams apresentadas no GP da Estíria de F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1