F1: Circuito da Áustria terá modificação na curva 6; confira

Diretor de corridas Michael Masi explica as mudanças feitas para melhor determinação dos limites de pista

F1: Circuito da Áustria terá modificação na curva 6; confira

A curva 6 do Red Bull Ring foi modificada antes do GP da Estíria de Fórmula 1, com a brita mais próxima da borda do circuito a e zebra removida. A mudança segue um pedido comum dos pilotos e para usar o cascalho com mais frequência como uma forma de lidar com os limites de pista.

Embora o local não esteja nas anotações do diretor de corridas Michael Masi enviadas às equipes, o australiano acredita que as mudanças garantirão que isso não seja um problema neste fim de semana.

Leia também:

“Na saída da Curva 6, estreitamos o meio-fio lá em cima e trouxemos a caixa de brita para mais perto da borda,” disse ele ao Motorsport.com. "Havia uma zebra dupla. [Foto acima, canto superior esquerdo]. E eles foram removidos."

“Efetivamente, nosso objetivo é que meça dois metros, que geralmente é a largura do carro, e então venha o cascalho. Essa foi uma das mudanças que implementamos aqui este ano. Agora não há problema algum lá, com base na forma como o projeto da pista foi alterado para 2021.”

Masi não acha que os limites se tornarão um grande problema neste fim de semana, pois ele acredita que os pilotos aprenderam a lição no ano passado.

Ele também citou o GP da França. Após muita reclamação nos treinos de sexta-feira sobre danos nas asas causados ​​pelas zebras e três tempos excluídos na qualificação, a corrida em si passou quase sem incidentes.

Como em 2020, os únicos problemas de limites de pista tratados em suas notas da Áustria dizem respeito às curvas 9 e 10, as últimas antes da reta dos boxes.

“O que temos nelas é consistente com 2019 e 2020”, explicou ele. “Obviamente, em 2019, tivemos os bumps amarelos, que removemos para 2020. Pela velocidade daquela área, não achei apropriado tê-los ali."

Drivers will lose their lap time for going over the red and white kerbs at Turn 9 and Turn 10.

Drivers will lose their lap time for going over the red and white kerbs at Turn 9 and Turn 10.

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

“Onde terminamos nos GPs da Estíria e Áustria ano passado é onde começamos este. E eu realmente não vejo muita discussão sobre qualquer uma dessas curvas. Acho que todos estão bem cientes de onde estão as bordas nesses cantos e se sentem mais do que confortáveis ​​com elas."

As infrações aos limites da pista são monitoradas eletronicamente em ambos, portanto, não haverá 'área cinza'.

“Há loops e CCTV dedicado em ambos”, disse Masi. “É bastante claro. Damos a eles aquela zebra vermelha e branca como tolerância extra, vamos dizer assim. Portanto, se todas as quatro rodas estiverem fora, seu tempo de volta será excluído."

Em relação às lições aprendidas pelos pilotos na França, o diretor acrescentou: “Acho que depois do 'burburinho' nos treinos e qualificação durante a corrida, se bem me lembro, excluímos um único tempo por ultrapassar os limites na curva 6. Tivemos uma ação contra Valtteri [Bottas], e foi isso.”

F1 2021: VERSTAPPEN ou HAMILTON? Quem VENCE na Áustria? Rico Penteado é ENFÁTICO sobre FAVORITO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Sequência de corridas até férias da F1 será chave para campeonato?

 

compartilhar
comentários
F1: Montoya acredita que Bottas precisa de decisão rápida da Mercedes sobre futuro para aliviar pressão

Artigo anterior

F1: Montoya acredita que Bottas precisa de decisão rápida da Mercedes sobre futuro para aliviar pressão

Próximo artigo

F1 - Hamilton diz que negociação com Mercedes é "positiva" e defende Bottas: "Não vejo porque mudar"

F1 - Hamilton diz que negociação com Mercedes é "positiva" e defende Bottas: "Não vejo porque mudar"
Carregar comentários